BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Outubro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Loucura motard de Faro já tem 30 anos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

14072011

Mensagem 

Loucura motard de Faro já tem 30 anos




Loucura motard de Faro já tem 30 anos




Pedro Simões faz 420 kms para ir de Pombal até Faro. No dia-a-dia, faz molduras mas aqui o quadro é outro..


Deixar a mota a descansar e beber um copo a 40 metros de altura, num bar com vista para o Vale das Almas e a ouvir os Iron Maiden. É uma das novidades da 30a Concentração Internacional de Faro, que arranca hoje.

Pedro Simões, 38 anos, deixou por uns dias as molduras em Pombal (é moldureiro de profissão) para entrar num outro quadro, o da festa rija da 30ª Concentração Internacional de Motos. "Já venho há dez anos, venho nas calmas", diz.

A 70 quilómetros/hora, ao volante da 'chopper', foge das autoestradas como o diabo da cruz e por isso chega à concentração quando chegar, depois de uma paradinha em cada estação de serviço. Na mota, uma Suzuki Intruder vermelha de 800 centímetros cúbicos, são as caveiras que fazem sensação e atraem as máquinas fotográficas dos curiosos e também os jornalistas.

"No ano passado tinha doze caveiras, este ano pus mais cinco", admite. E se fossem 30, como os anos da concentração? "Isso já não dava, tinha de trazer um carrinho, um atrelado, ainda pensámos nisso mas depois não deu", lamenta. Pagou 45 euros para participar no evento - o bilhete é único e dá para os quatro dias - e só se vai embora no próximo domingo. Jura que não vai perder pitada dos eventos e dos concertos que se esperam concorridos, em especial o dos históricos Iron Maiden, agendado para a noite de quinta-feira, dia 14. "Sim, gosto dos Iron Maiden e dos Metallica mas sou um tipo calminho, não quero chatices", admite Pedro, carregado de tatuagens, entre elas uma de outra banda heavy-metal, os Manowar.
A 'virgem de ferro' de visita ao Algarve

"Temos os míticos Iron Maiden (que em inglês significa virgem de ferro), os Íris, os Xutos e Pontapés e toda uma fauna motociclística que tem em comum a paixão pelas motas. Espero que seja uma grande concentração, até pelo trabalho que penso que temos desenvolvido ao longo destes 30 anos",avança José Amaro, presidente do MotoClube de Faro e organizador do evento. "Convém dizer que isto é para os motociclistas, embora seja aberto a todos isto não é um festival de música", acrescenta, junto à plataforma que servirá de bar, elevada por uma grua a 40 metros de altura.

Diga-se que os Iron Maiden, banda mítica do heavy-metal a nível mundial, têm uma ligação antiga ao Algarve dado que um dos fundadores, o guitarrista Steve Harris, tem casa na região e é até proprietário de um bar, em Santa Bárbara de Nexe, gerido durante anos por Manu, associado do MotoClube de Faro que entretanto já morreu e a quem a banda inglesa prestará homenagem durante o concerto.

Ontem no Vale das Almas, próximo do Aeroporto de Faro e a meio caminho para a Ilha, o escape barulhento das motas denunciava já a chegada de muitos outros motards, alguns de vindos de paragens longínquas.

É o caso de Simon Cawley-Nash, que fez 1.400 quilómetros para cá chegar. "Sol, pessoas simpáticas, boas festas, o que mais se pode querer?", pergunta, em jeito de resposta à questão que lhe colocamos sobre o motivo da visita.

Em Inglaterra trabalha em resgates de minas, mas aqui enterra bem fundo a profissão, para se entregar de corpo e alma ao evento. Demorou cerca de um dia e meio a viajar, vindo de South Derbyshire, no Reino Unido. E não veio sozinho. A mulher, Susan, também trouxe a mota dela.

Concentração motard: um evento 'familiar'

"Somos uma família de motoqueiros. Cada um de nós tem duas motas, agora trouxemos as desportivas porque as Harleys abanam muito e depois destes quilómetros todos ficamos com problemas nas mãos", confessa Susan, à sombra de um pinheiro e envergando um biquini para fazer face ao calor. Nos 44 hectares de terreno destinados ao evento, são esperados perto de 30 mil motociclistas este ano.

"O que nos atrai aqui é que isto acaba por ser engraçado por conhecermos e convivermos com pessoas de todas as origens, vindas de toda a parte e funciona quase como uma grande família", afirma, antes de começar o dia com a higiene matinal nos lavabos provisórios, instalados nos parques de campismo preparados para os motards.

"Para além de uma concentração grande, queremos uma grande concentração", graceja Armando Serro, do Motoclube de Faro. Responsável pela logística, recorda que o evento, que começou por ter 200 participantes em 1981, hoje transcende em muito a cidade de Faro e até a região algarvia. Por isso lamenta alguma falta de apoio, por parte de entidades nacionais e locais.

"As ajudas não têm sido aquelas que nós esperaríamos. Acho que as autoridades oficiais ainda não perceberam a importância deste evento", critica, recordando a necessidade de pagamentos por parte da Guarda Nacional Republicana, que exige o pagamento de gratificações aos agentes para regularem o trânsito nos acessos (a segurança no recinto é feita por uma empresa profissional e por voluntários), operação orçada em vários milhares de euros. E o mesmo se passa com a recolha do lixo, até aqui gratuita por parte da Câmara Municipal de Faro.
Hospital de campanha com ginecologista

O evento conta com 1400 voluntários e ainda com uma equipa de 40 médicos, 75 enfermeiros e 90 socorristas e motoristas. Isto porque a segurança, no que à saúde diz respeito, é uma das prioridades da organização.

Para João Ildefonso, médico do Hospital de Faro que há 20 anos lidera a assistência médica nos eventos, o envelhecimento dos participantes - muitos deles acompanham a concentração desde o início - pode agora começar a levantar alguns problemas, trazendo ao Vale das Almas outras patologias: "Sim, nós não estamos a ficar mais novos e há doenças, como por exemplo enfartes, que podem tornar-se mais frequentes mas nós estamos preparados para isso", garante.

O serviço do hospital de campanha funciona 24 horas, tem cirurgia, serviço de observação com seis camas e várias especialidades, entre elas até ginecologia, nunca se sabe quando pode ser preciso", refere, enquanto passa por nós uma motard inglesa acabada de chegar, com uma perna partida. "Escorregou na casa de banho", diz João Ildefonso. A provar que às vezes há coisas tão ou mais perigosas do que andar de mota.

http://aeiou.expresso.pt/loucura-motard-de-faro-ja-tem-30-anos-video=f661524


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Loucura motard de Faro já tem 30 anos :: Comentários

avatar

Mensagem em Sex 15 Jul 2011 - 4:59 por BTBRAVO

TESTE DE ALCOOLEMIA NA CONCENTRAÇÃO DE FARO

No sentido de sensibilizar todos os participantes da Concentração de Faro para os malefícios da condução sob a influência de alcool, a Sagres Zero estará no recito a testar gratuitamente o nível de alcoolemia

A cerveja Sagres Zero vai desafiar os motociclistas que vão estar na concentração de Faro para auto-testarem gratuitamente o seu nível de alcoolemia, numa iniciativa que reforça a sensibilização para o consumo responsável e para a condução segura. Assim, ao longos dos dias em que decorre o evento (14, 15, 16 e 17 de Julho), a cerveja Sagres Zero vai reforçar a sua comunicação “se conduzir, beba Sagres Zero” através desta acção voluntária, em local assinalado do recinto, disponibilizando testes de álcool. A iniciativa da marca surge no âmbito da política de responsabilidade social da Sagres.

http://www.automotor.xl.pt/Not%C3%ADcias/DetalheNoticia/tabid/118/itemId/8896/Default.aspx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum