BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Novembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Leiria ACA-M contesta “interesse público” do ministro da Economia circular a 212 km/h

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

11062011

Mensagem 

Leiria ACA-M contesta “interesse público” do ministro da Economia circular a 212 km/h




Leiria

ACA-M contesta “interesse público” do ministro da Economia circular a 212 km/h

A Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados (ACA-M) contesta, em carta enviada ao ministro da Economia, o “interesse público” invocado por Manuel Pinho para justificar o facto de ter sido identificado na A1, perto de Leiria, a circular a 212 km/h. Na carta, datada de 11 de Setembro, a ACA-M considera que “não há qualquer interesse público em colocar em perigo de vida os restantes utentes de uma rodovia” e lembra que há países onde, “por bem menos, um ministro se sentiria forçado a demitir-se para evitar arrastar consigo a credibilidade do Governo em matérias de segurança e civismo rodoviários.”

Pelo seu interesse, reproduzimos, na íntegra, a carta da ACA-M.

Exmo. Senhor Dr. Manuel Pinho

Ministro da Economia da República Portuguesa,

Foi a viatura oficial em que V. Exa. seguia no sábado identificada na A1, perto de Leiria, circulando a 212km/h.

À comunicação social, V. Exa. viu-se forçado a justificar esta infracção alegando que circulava àquela velocidade por razões de interesse público.

Percebemos que V. Exa. se sinta embaraçado.

É evidente que não há qualquer interesse público em colocar em perigo de vida os restantes utentes de uma rodovia, em descredibilizar as campanhas de alerta rodoviário promovidas pelo Minstério da Administração Interna, nem em contrariar a recente decisão governamental de reduzir para 118 km/h o limite máximo em auto-estrada por motivos ambientais e económicos.

Haverá países onde, por bem menos, um ministro se sentiria forçado a demitir-se para evitar arrastar consigo a credibilidade do governo em matérias de segurança e civismo rodoviários.

Mas V. Exa. sabe, como nós, que em Portugal o público não iria compreender que se retratasse e pedisse desculpas públicas por manifestar umcomportamento anti-social na estrada.

Percebemos o embaraço de V. Exa, pois esse embaraço também é o nosso. O

Senhor Ministro não pode apresentar a demissão e nós não podemos exigi-laporque o público não o compreenderia.

É assim, não é, Senhor Ministro?!...

Com os melhores cumprimentos da

Direcção da ACA-M

http://www.tintafresca.net/News/newsdetail.aspx?news=9f98ab13-49a3-4b0f-8e76-6b8ddc48f4f8&edition=71



avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum