BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Novembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Aumento de impostos no gasóleo 'mataria economia portuguesa'

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

14042011

Mensagem 

Aumento de impostos no gasóleo 'mataria economia portuguesa'




O Automóvel Clube de Portugal considerou hoje que a directiva da Comissão Europeia para aumentar os impostos sobre os veículos a gasóleo «contribui para aumentar a receita fiscal espanhola e matar definitivamente» a economia nacional.
Numa nota enviada às redacções, o maior clube português considera que a directiva que Bruxelas apresentou na quarta-feira «não só não resolve qualquer problema de mobilidade e ambiente como ameaça causar danos irreparáveis à economia a partir de 2013».

A Comissão Europeia propôs uma reforma no sistema de cobrança de impostos de combustíveis para vinculá-lo às emissões de dióxido de carbono (CO2) e ao consumo energético, como forma de penalizar os mais poluentes.

A Comissão Europeia pretende introduzir uma taxa de 20 euros por tonelada de CO2 e outra vinculada ao consumo energético: 9,60 euros por gigajoule (GJ) para combustíveis de motor e 15 centavos de euro por GJ para combustíveis de aquecimento.

Essa modificação elevará o patamar mínimo de taxação exigido na União Europeia (UE) para o diesel de 330 euros por cada mil litros para 412 euros em 2018, enquanto a gasolina permanecerá nos 359 actuais.

«Há mais de uma década que os consumidores são aconselhados a optar pelo diesel, dada a sua eficiência energética, pelo que não faz sentido vir agora penalizar quem seguiu esta recomendação. Os consumidores particulares são fortemente penalizados, mas são sobretudo as empresas o alvo de uma directiva sem sentido», considera o ACP.

Em Portugal, acrescenta o clube, cerca de 70% do parque automóvel é composto por carros a diesel.

«O argumento ambiental, no sentido de se reduzirem as emissões de CO2, não colhe», argumenta o ACP, uma vez que «as emissões libertadas pelos veículos a diesel são 20% inferiores às dos veículos a gasolina».

No caso de Portugal, conclui o clube liderado por Carlos Barbosa, «uma medida destas só iria contribuir para aumentar a receita fiscal espanhola e matar definitivamente a débil economia nacional».

A proposta da Comissão Europeia precisa do sim unânime do bloco europeu e tem poucas probabilidades de seguir em frente [no seu formato actual] uma vez que conta já com a oposição frontal de países como a Alemanha.

Lusa/SOL

Tags: Comissão Europeia, Petróleo, ACP, Sociedade Imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Comentar
Partilhar
404 visitas

Mais Notícias
Helena André: 'não nos podemos assustar' com desemprego
Censos vão averiguar peso da economia social nas contas do país
Fátima Felgueiras diz que 'pagamentos foram lícitos'
Associação recolhe ideias de idosos para ensinar mais novos a poupar
Jornalismo político 'esquizofrénico' em debate em Lisboa
Fátima Felgueiras condenada a pena suspensa
Governo garante poder pagar salários aos militares
Fim-de-semana de sol antes do regresso da chuva
Portugueses começam a ter relações sexuais aos 16 anos

Jocosamente muitos foram considerados fantasmas de Cesár, designadamente no centro dos revoltosos, todavia a causa está perdida, a essencia de um corpo, é ser patrulheiro.

Os comentários estão reservados a utilizadores identificados: Login | Connect
1 Comentário
avatar
robert langdon
FURRIEL
 FURRIEL

PAÍS :
IDADE : 41
MENSAGENS : 343
LOCALIZAÇÃO : portugal
EMPREGO : Criptógrafo
INSCRIÇÃO : 26/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum