BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Dezembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Contrabando de combustíveis de Espanha sem fiscalização

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

30032011

Mensagem 

Contrabando de combustíveis de Espanha sem fiscalização






Portugueses atravessam fronteira para encher depósitos e bidões. Autoridades não actuam
00h47m
MADALENA FERREIRA COM ANA PEIXOTO FERNANDES

Apesar de ser proibido por lei o transporte de mais de 50 litros de combustível em transporte próprio entre Estados-membros da União Europeia, os preços apetecíveis em Espanha levam os portugueses a recorrer ao contrabando. Autoridades fecham os olhos.
Segundo a lei, um particular não pode transportar mais de 50 litros de gasolina entre estados membros, mas com a clivagem dos preços a chegar quase aos 30 cêntimos por litro, há cada vez mais pessoas que, além de atestar o depósito de combustível do outro lado da fronteira, levam ainda bidões na mala, ultrapassando em grande medida aquele limite. Muitos deslocam-se por auto-estrada, onde acreditam que é mais difícil haver operações policiais. Porém, segundo o JN constatou, esse controlo é quase nulo. Ao que foi possível apurar, no caso do gás, em média mais barato 10 euros em Espanha (e cujo transporte também obedece a regras), no seio da GNR haverá indicações para "não fazer nada" até duas botijas. Outro militar referiu que, tratando-se de pequenas quantidades, e não podendo aplicar o Regulamento de Materiais Perigosos, não sabem como proceder. "Por isso, o que se tem feito é deixar passar".
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1818347



focazero@hotmail.com
SOMOS A SOLUÇÃO NÃO O PROBLEMA = BT ATÉ MORRER
avatar
focazero
GENERAL
 GENERAL

PAÍS :
MENSAGENS : 521
LOCALIZAÇÃO : Portugal
INSCRIÇÃO : 21/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Contrabando de combustíveis de Espanha sem fiscalização :: Comentários

avatar

Mensagem em Qua 30 Mar 2011 - 3:26 por Rui Valente

Eu sou um dos que faz isto quando vou de fèrias no mes de Agosto abasteço na ultimas bombas da fronteira Espanhola e ainda levo sim um bidom de 50l que me dà perfeitamente para os 15 dias que passo em lisboa e depois os outros 15 dias como vou para Braga so tenho que fazer 80 klm para chegar atè à fronteira em chaves e là abasteço de novo è isto que faz ter uns governantes de ....... mas perfiro mil vezes ir a Espanha que encher em Portugal eles espanhois precisao mais do nosso dinheiro que nos em portugal enfim è triste ......

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 30 Mar 2011 - 7:42 por BTBRAVO

Combustível: GNR «fecha os olhos» a contrabando

Apesar de ser proibido por lei o transporte de mais de 50 litros de combustível em transporte próprio no interior da UE, os preços em Espanha levam os portugueses a recorrer ao contrabando, diz o Jornal de Notícias desta quarta-feira referindo que as autoridades fecham os olhos ao contrabando.

Segundo a lei, um particular não pode transportar mais de 50 litros de gasolina entre estados membros, mas com a clivagem dos preços a chegar quase aos 30 cêntimos por litro, há cada vez mais pessoas que, além de atestar o depósito de combustível do outro lado da fronteira, levam ainda bidões na mala, ultrapassando em grande medida aquele limite.

Muitos deslocam-se por auto-estrada, onde acreditam que é mais difícil haver operações policiais. Porém, segundo constatação feita pelo jornal, esse controlo é quase nulo.

Ao que foi possível apurar, no caso do gás, em média mais barato 10 euros em Espanha (e cujo transporte também obedece a regras), «no seio da GNR haverá indicações para "não fazer nada" até duas botijas», segundo o jornal.

Outro militar referiu que, tratando-se de pequenas quantidades, e não podendo aplicar o Regulamento de Materiais Perigosos, não sabem como proceder. "Por isso, o que se tem feito é deixar passar", cita o JN.
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_digital/news.asp?section_id=13&id_news=155749

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem  por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum