BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Maio 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Contrabando de combustíveis de Espanha sem fiscalização

Ir em baixo

30032011

Mensagem 

Contrabando de combustíveis de Espanha sem fiscalização






Portugueses atravessam fronteira para encher depósitos e bidões. Autoridades não actuam
00h47m
MADALENA FERREIRA COM ANA PEIXOTO FERNANDES

Apesar de ser proibido por lei o transporte de mais de 50 litros de combustível em transporte próprio entre Estados-membros da União Europeia, os preços apetecíveis em Espanha levam os portugueses a recorrer ao contrabando. Autoridades fecham os olhos.
Segundo a lei, um particular não pode transportar mais de 50 litros de gasolina entre estados membros, mas com a clivagem dos preços a chegar quase aos 30 cêntimos por litro, há cada vez mais pessoas que, além de atestar o depósito de combustível do outro lado da fronteira, levam ainda bidões na mala, ultrapassando em grande medida aquele limite. Muitos deslocam-se por auto-estrada, onde acreditam que é mais difícil haver operações policiais. Porém, segundo o JN constatou, esse controlo é quase nulo. Ao que foi possível apurar, no caso do gás, em média mais barato 10 euros em Espanha (e cujo transporte também obedece a regras), no seio da GNR haverá indicações para "não fazer nada" até duas botijas. Outro militar referiu que, tratando-se de pequenas quantidades, e não podendo aplicar o Regulamento de Materiais Perigosos, não sabem como proceder. "Por isso, o que se tem feito é deixar passar".
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1818347



focazero@hotmail.com
SOMOS A SOLUÇÃO NÃO O PROBLEMA = BT ATÉ MORRER
avatar
focazero
GENERAL
 GENERAL

PAÍS :
MENSAGENS : 521
LOCALIZAÇÃO : Portugal
INSCRIÇÃO : 21/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Contrabando de combustíveis de Espanha sem fiscalização :: Comentários

avatar

Mensagem em Qua 30 Mar 2011 - 3:26 por Rui Valente

Eu sou um dos que faz isto quando vou de fèrias no mes de Agosto abasteço na ultimas bombas da fronteira Espanhola e ainda levo sim um bidom de 50l que me dà perfeitamente para os 15 dias que passo em lisboa e depois os outros 15 dias como vou para Braga so tenho que fazer 80 klm para chegar atè à fronteira em chaves e là abasteço de novo è isto que faz ter uns governantes de ....... mas perfiro mil vezes ir a Espanha que encher em Portugal eles espanhois precisao mais do nosso dinheiro que nos em portugal enfim è triste ......

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 30 Mar 2011 - 7:42 por BTBRAVO

Combustível: GNR «fecha os olhos» a contrabando

Apesar de ser proibido por lei o transporte de mais de 50 litros de combustível em transporte próprio no interior da UE, os preços em Espanha levam os portugueses a recorrer ao contrabando, diz o Jornal de Notícias desta quarta-feira referindo que as autoridades fecham os olhos ao contrabando.

Segundo a lei, um particular não pode transportar mais de 50 litros de gasolina entre estados membros, mas com a clivagem dos preços a chegar quase aos 30 cêntimos por litro, há cada vez mais pessoas que, além de atestar o depósito de combustível do outro lado da fronteira, levam ainda bidões na mala, ultrapassando em grande medida aquele limite.

Muitos deslocam-se por auto-estrada, onde acreditam que é mais difícil haver operações policiais. Porém, segundo constatação feita pelo jornal, esse controlo é quase nulo.

Ao que foi possível apurar, no caso do gás, em média mais barato 10 euros em Espanha (e cujo transporte também obedece a regras), «no seio da GNR haverá indicações para "não fazer nada" até duas botijas», segundo o jornal.

Outro militar referiu que, tratando-se de pequenas quantidades, e não podendo aplicar o Regulamento de Materiais Perigosos, não sabem como proceder. "Por isso, o que se tem feito é deixar passar", cita o JN.
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_digital/news.asp?section_id=13&id_news=155749

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem  por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum