BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Outubro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Novos sinais de trânsito em vigor nas SCUT

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

11032011

Mensagem 

Novos sinais de trânsito em vigor nas SCUT




Novos sinais de trânsito em vigor nas SCUT
10 de Março, 2011



Sinais azuis indicam cobrança electrónica de portagens e fiscalização automática de velocidade. SCUT portajadas renderam 17 milhões de euros em 2010.

Começaram a ser colocados sexta-feira, após a publicação da legislação em Diário da República no passado dia 3, os novos sinais de trânsito nas antigas SCUT. As placas azuis avisam o utente que se encontra numa área sujeita à cobrança electrónica de portagens e também numa via com controlo da velocidade por radar.

«A regulação dos sinais em questão visa a garantia do consumidor para que o mesmo possa saber e conhecer, através da sinalização, que está a entrar numa estrada com portagens ou que se encontra na sua linha de radar», indica o diploma do Governo.

O mesmo diploma regulamenta a sinalização das vias portajadas e da vigilância por radar, mas não menciona a captura de dados de veículos e condutores para fins de pagamento da utilização das vias, indicando antes a necessidade de assegurar o «cumprimento dos limites legais da velocidade e, consequentemente, a redução da sinistralidade rodoviária».

A cobrança de portagens arrancou a 15 de Outubro nas SCUT Norte Litoral, Grande Porto e Costa de Prata. Até 15 de Abril, o regime deverá ser alargado às SCUT Interior Norte, Beiras Litoral e Alta, Beira Interior e Algarve, e aos lanços de três concessões do Norte isentos na primeira fase.

Este mês, o ministro das Finanças Teixeira dos Santos situou em 16 a 17 milhões de euros o valor das portagens cobradas entre
Outubro e o final de Dezembro de 2010.

SOL

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=13781


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Novos sinais de trânsito em vigor nas SCUT :: Comentários

avatar

Mensagem em Dom 13 Mar 2011 - 13:22 por JOFIMO

Boas pelos vistos o sinal H43 é mais um para encher os cofres do estado e ajudar a baixar o déficite, sinceramente.............

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 14 Mar 2011 - 5:52 por casmeira

Bom dia,

Perante os novos sinais de trânsito, foi-me chegada a seguinte informação:

Faço notar em especial o "Sinal H43" que indica que uma via tem detectores de "velocidade Instantânea" ou seja,
o vosso identificador VIA VERDE / DEM serve para dar indicação ao RADAR dos seguintes dados:

Matrícula da viatura.
Velocidade da viatura.

A diferença de tempo de passagem entre dois sensores indica ao sistema a velocidade a que transita a viatura.

Ex. 40 metros entre os dois sensôres - o carro passou por eles em 1 segundo = 144 Km/h = Multa Imediata.

Para passar pelo RADAR à velocidade de 120Km/h deverá demorar 1,2 segundos a percorrer os 40 metros.


Sabem-me informar se esta situação é realmente verdade?

Cumps,
CM

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 14 Mar 2011 - 6:15 por JOFIMO

Boas tmbém já a tinha visto noutro fórum, agora falta saber onde estarão colocados os sensores e a que distância, se só nas portagens virtuais (entrada/saida) e começa-se a andar com a via verde embrulhada e arrumada no porta-luvas......................

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 14 Mar 2011 - 6:26 por casmeira

Atenção que a pergunta não vai no sentido do querer saber se posso andar acima da velocidade estabelecida por lei, mas sim obter informação útil e que devia ser do conhecimento de todos os condutores. :)

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 14 Mar 2011 - 6:48 por JOFIMO

casmeira escreveu:Atenção que a pergunta não vai no sentido do querer saber se posso andar acima da velocidade estabelecida por lei, mas sim obter informação útil e que devia ser do conhecimento de todos os condutores. :)
A questão não é essa, mas como descreveste a diferença de 0,2s dá uma velocidade superior em 24kms, portanto é fácil infrigir a lei.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 14 Mar 2011 - 11:53 por COMANDANTE GERAL

Ministério da Administração Interna
Radares nos pórticos das ex-Scut só têm efeito preventivo

14.03.2011 - 08:58 Por António Arnaldo Mesquita

A punição pela violação dos limites de velocidade só será efectiva quando estiver instalado todo o Sistema Nacional de Radares.

introdução de portagens nas antigas auto-estradas sem custo para o utilizador (Scut) levou o Governo a aprovar cinco novos sinais de trânsito. O mais inovador é um que informa que o utente está a circular numa via sujeita a fiscalização de velocidade. O controlo é feito através de radares instalados nos pórticos de cobrança electrónica das portagens naquelas vias, que registarão a velocidade instantânea dos veículos. Estes dados, no entanto, não servirão para multar os infractores, garantiu ao PÚBLICO fonte oficial do Ministério da Administração Interna.

Tal situação não impede que, a poucos metros de distância dos pórticos ou no interior das vias actualmente com portagem, haja uma patrulha da Brigada de Trânsito da GNR a controlar excessos de velocidade. Os radares dos pórticos das Scut só servirão para punir os "aceleras" quando estiver concluído o plano nacional de radares nas auto-estradas, sistema que envolverá, além da aquisição do equipamento, a legalização da recolha e tratamento dos registos dos infractores, através da Comissão Nacional de Protecção de Dados.

Actualmente, recorde-se, já há radares de detecção automática da violação dos limites de velocidade em muitas vias de Lisboa e na Via de Cintura Interna do Porto. Este sistema, recorde-se, teve uma influência positiva na taxa de sinistralidade daquelas vias e na própria velocidade média do tráfego rodoviário, por diminuir a taxa de choques, despistes e atropelamentos, que provocam engarrafamentos mais ou menos demorados.

Os outros cinco sinais de trânsito visam informar os utentes que circulam num lanço com cobrança electrónica de portagem; a distância a que este sistema está localizado e o fim do lanço sujeito ao pagamento de portagem,

Actualmente, os condutores que dispõem de um dispositivo de identificação pagam a portagem por débito em conta bancária, ao passo que os que não têm aquele aparelho têm cinco dias para liquidar a portagem junto das respectivas concessionárias ou nas estações dos Correios. Este mecanismo está a funcionar com alguma lentidão, uma vez que, em muitas situações, três dias após a passagem pelos pórticos, os Correios ainda não receberam informação das concessionárias do valor a cobrar aos automobilistas.

http://www.publico.pt/Sociedade/radares-nos-porticos-das-exscut-so-tem-efeito-preventivo_1484656

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 16 Mar 2011 - 10:26 por COMANDANTE GERAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 16 Mar 2011 - 14:30 por "ASA"

Mais umas multas para facturar...

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 16 Mar 2011 - 14:42 por casmeira

Eu já ando a treinar...e resultado disso, passo a demorar mais 15mins na viagem e em termos de consumos baixou para os 4l/100 :D

Verdade seja dita que é preferivel este tipo de controlo de velocidade do que aqueles que estão extremamente escondidos

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex 19 Ago 2011 - 3:10 por pedromdf

Concordo com os novos sinais.

Ainda esta semana fui ao Porto e vi autênticos criminosos. Mas devo concordar que cada vez são em menor número, graças a este tipo de acções.

Meu caro casmeira, a propósito de demorar mais 15 minutos no seu trajecto, dependerá da distância percorrida, a propósito fiz este pequeno quadro:

Distância [km] Velocidade [km/h] Tempo [min]
300 120 150,00
300 133 135,00

100 120 50,00
100 171 35,00

50 120 25,00
50 300 10,00

Ficou um pouco mal inserido mas penso que é perceptível.

Numa distância de Lisboa ao Porto (300 km) diminuir 15 minutos em relação a uma média de 120 km/h será fazer uma média de 135 km/h.

Numa distância de 100 km já teria que atingir uma média de 171 km/h, para retirar 15 minutos ao seu tempo de viagem.

Numa distância de 50 km teria que ter outro carro certamente.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex 19 Ago 2011 - 3:21 por casmeira

caro pedromdf,

Essa é a lei da matemática e essa todos nós sabemos ou deveriamos saber fazer, a tão famosa regra 3 simples! Existe um factor que nunca entra nesse cálculo, o factor trânsito e meteorologico, assim também como a fadiga do condutor.

Essa tabela seria verdade se a condução fosse linear e não existissem obstáculos!

Fica a saber então que o meu trajecto é feito entre AE e EN e daí advêm os tais 15mins!

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex 19 Ago 2011 - 3:37 por pedromdf

Não leve a mal este pequeno quadro que só pretende demonstrar que por se andar dentro dos limites não se perde assim tanto tempo.

Perde-se tempo é noutras condicionantes de trânsito, como aliás referiu.

O que depreendi do seu post anterior é que em relação ao tempo que demorava na sua viagem e o que demora agora obedecendo aos limites de velocidade, passou a gastar mais 15 minutos o que me parece um exagero face às contas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex 19 Ago 2011 - 6:51 por Richie

Numa viagem Lisboa-Porto se circular a uma média de 150km/h vai permitir-me poupar meia hora. E meia hora é muito tempo! Em viagens curtas não compensa aumentar a velocidade para ganhar tempo.

Mas veja-se o tipo que foi apanhado na A2 com o R8. Vai de Lisboa a Portimão numa horita.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex 19 Ago 2011 - 7:07 por pedromdf

Sim, mas a 150 km/h se fôr apanhado paga 60 Euros de multa e mais umas chatices, não me parece que compense.

Claro que é uma lotaria ser apanhado num país em que o limite de velocidade devido à completa impunidade, fica ao critério de cada um.

Nisto dos excessos até acaba tudo bem se fôr só a multa, o pior é quando acaba como o outro que vinha a 240 km/h e só se safou um ileso. Exemplos como este é às carradas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex 19 Ago 2011 - 8:22 por casmeira

Eu só acho que as pessoas passam a velocidade porque também a lei não se adequa à realidade actual dos automóveis!

Qualquer carro hoje em dia dá 140Km/h, que e de acordo com a lei já é uma contra-ordenação. Também sabemos então que nem todos os carros estão preparados para responder a uma travagem a 140Km/h. Pior que isto é continuarmos a ter estradas mal classificadas, mal construidas e muitas que são até esquecidas no planeamento de recuperação da rede rodoviária nacional. Ou seja, estamos num carrocel! Será penoso ir num R8 a 160Km/h na A2 ou A1? Em termos legais é, em termos técnicos diria que não. É penoso ir num Citroen AX com cerca de 20 anos a 150Km/h, é e pior que isso, é um atentado à segurança dos que vão no carro, como daqueles que vão na estrada!!! (este caso aconteceu-me hoje)

Mas mantendo esta conversa seria melhor irmos para outro tópico :)

Pois iriam entrar varias situações que só de si poderiam combater em muito a nossa sinistralidade!

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex 19 Ago 2011 - 8:34 por pedromdf

Todas essas considerações são completamente secundárias quando o que está em causa é o cumprimento da legislação em vigor.

Doutra forma temos o que temos, impunidade quase absoluta e cada um anda como quer.

Nos Estados Unidos têm bem melhores carros que nós e se não cumprem ...

Essa teoria de que cada um anda conforme o carro que tem ...

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sex 19 Ago 2011 - 8:47 por casmeira

Não estou a entrar por aí...vivemos num país com mentalidades diferentes e a mentalidade refiro-me à do infrator e da autoridade também! Depois entra também a politca.Pois salvo erro na Alemanha que é aqui mais perto, temos AEs sem limite de velocidade.

À pouco tempo fiz uma viagem de carro entre a Hungria e a Republica Checa, passando pela Eslováquia. O pagamento das AE são feitos através duma vinheta, cabe à pessoa o dever e responsabilidade de adquirir esse simples papel e colocar no vidro do carro. Em Portugal isso seria motivo de ninguem cumprir! Nas AEs, existiam radares, mas estavam identificados, as pessoas tinham o comportamento normal, seguiam àquela velocidade e depois aceleravam (como nós fazemos) mas pouco (como não fazemos).

Cada um de nós sempre que vai a Espanha, cumpre quase sempre todos os limites impostos pelo país vizinho, assim que passamos a fronteira, além de nos sentirmos em "casa" passamos a conduzir da forma que em Portugal se conduz, à vontade de cada um!

A nossa mentalidade é de fazer tudo em cima do limite. É pagar as coisas no último dia, é ir abastecer quando não se tem mais combustível, é comprar as prendas de Natal no último dia, é ir em cima da hora para algum local. Com isto vivemos no limite!

É a nossa mentalidade, e mudar não é fácil, diria até impossivel!

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 24 Ago 2011 - 12:59 por pedromdf

Agora com este sistema, se funcionar, vamos mesmo ter que aprender, com as multas a entrar na conta de imediato.

Não tem nada a ver com a mentalidade, tem a ver com a conta bancária.

Aqui no IC17 apesar de haver ainda alguns abusadores, já se vê muita gente a 80. Pois é começou a doer ...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem  por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum