BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Junho 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Homem condenado seis meses de prisão por conduzir em contramão na A29

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

26012011

Mensagem 

Homem condenado seis meses de prisão por conduzir em contramão na A29




Foi condenado a seis meses de prisão, com pena suspensa por um ano, e proibido de conduzir por sete meses o homem que a 2 de Janeiro conduziu quatro quilómetros em contramão na A29 em Gaia, com 1.88 gramas de álcool por litro de sangue.

Segundo a agência Lusa, a sentença de Ramiro Moreira, de 67 anos, foi lida esta quarta-feira no Tribunal de Vila Nova de Gaia.

A 2 de Janeiro o homem entrou em contramão na A29 na zona de Canelas, cerca das 21:30, fez um percurso de quatro quilómetros e apenas parou quando embateu num veículo que não se conseguiu desviar, tendo, assim, «cometido um crime grave, que podia ter causado avultados danos patrimoniais e perda de vidas humanas», concluiu o tribunal.

Motorista de profissão, Ramiro Moreira acusou 1,88 gramas de álcool por litro de sangue, o que, segundo o tribunal, «agrava a gravidade da conduta do arguido, uma vez que a sua profissão exige especial cuidado e ele sabia não estar em condições de conduzir».

O tribunal deu como provado o crime de condução perigosa de veículo rodoviário, punível com pena de prisão de um a três anos.

Ramiro Moreira foi condenado a seis meses de prisão, com pena suspensa por um ano, e a uma pena acessória de sete meses de proibição de conduzir qualquer veículo motorizado.

Além da pena de prisão e da inibição de conduzir, Ramiro Moreira, terá que frequentar o programa «Stop - Responsabilidade e segurança», que visa o acompanhamento de indivíduos condenados pelo crime que Ramiro Moreira foi.

Todas as despesas inerentes ao programa serão suportadas pelo arguido, nomeadamente o pagamento das consultas médicas e dos cursos a frequentar.

«O objectivo deste programa é confrontar o arguido com a sua acção e com o problema de alcoolismo que poderá padecer e, desta forma, apurar o seu sentido de responsabilidade», foi explicado a Ramiro Moreira.

Na fixação da pena o tribunal teve em conta «o facto do arguido não ter antecedentes criminais mas também o facto de ele ser motorista de profissão, o que lhe exige maior zelo no que concerne à conduta na estrada», explanou o juiz.

Ao arguido foi explicado que, caso ele não cumpra as obrigações decorrentes do programa que terá que frequentar, «incorre num crime de desobediência, o que agravará a sua situação».

Ramiro Moreira comprometeu-se, perante o tribunal, a cumprir a pena acessória que lhe foi aplicada e a frequentar o programa.

O arguido tem o prazo de 30 dias para entregar o título de condução, caso contrário será «ordenado que lhe apreendam o mesmo».


http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/contramao-a29-transito-estrada-tvi24/1228739-4071.html


avatar
BRIOSA BT
ADJUNTO DO COMANDANTE
 ADJUNTO DO COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 1277
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
INSCRIÇÃO : 04/01/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum