BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Setembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Apanhado em contramão confessa que bebeu e entrou em pânico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

21012011

Mensagem 

Apanhado em contramão confessa que bebeu e entrou em pânico






"Estava escuro, chovia e fui encandeado por luzes de outro carro. Quando me apercebi, entrei em pânico, não sabia o que fazer". Foi a explicação do condutor, de 67 anos, para os cinco quilómetros que circulou em contramão, na A29, em Gaia. Admitiu ter bebido.
Ramiro Moreira, motorista de uma empresa de "serviços externos", residente em Canelas (Gaia), disse ter entrado pela primeira vez numa sala de tribunal. Depois de uma espera de três horas e meia para ser ouvido - havia outros processos à frente - confessou, ontem, ao juiz os factos ocorridos na noite do passado dia 2 de Janeiro.

O sexagenário, que seguia ao volante de uma carrinha, contou que entrou na auto-estrada pela "rotunda de Canelas" e que a sua intenção era ir a casa de um familiar, em Miramar, no mesmo concelho.

Alegou não ter dado conta de que passou a circular em sentido contrário, por causa da escuridão e da chuva e de um suposto encandeamento provocado por outro veículo. "Quando me apercebi, entrei em pânico, não sabia o que fazer. Ainda encostei o mais possível à direita", declarou o arguido, explicando que pretendia seguir até Arcozelo e, ali, retomar a marcha normal.

"Tive o azar de embater noutro carro", continuou, reconhecendo que circulou cerca de cinco quilómetros em infracção. Depois de ter-se envolvido no acidente, já na zona de Arcozelo, foi interceptado por elementos do Destacamento de Trânsito da GNR, tendo acusado uma taxa de alcoolemia de 1,86 gramas/litro.

Questionado sobre este facto, Ramiro reconheceu ter consumido "dois copos de vinho e uma cerveja", mas garantiu não ter ficado com a noção de que estava embriagado". "Foi a primeira vez na minha vida que me aconteceu uma coisa destas", insistiu.
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1762542



focazero@hotmail.com
SOMOS A SOLUÇÃO NÃO O PROBLEMA = BT ATÉ MORRER
avatar
focazero
GENERAL
 GENERAL

PAÍS :
MENSAGENS : 521
LOCALIZAÇÃO : Portugal
INSCRIÇÃO : 21/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum