BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Outubro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Balanço "extremamente negativo" dos primeiros meses de portagens na A41

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

23122010

Mensagem 

Balanço "extremamente negativo" dos primeiros meses de portagens na A41




Balanço "extremamente negativo" dos primeiros meses de portagens na A41

O presidente da câmara da Maia fez um "balanço extremamente negativo" dos dois meses de pagamento de SCUT no Norte, adiantando que em Janeiro irá propor ao governo a "eliminação de alguns pórticos" da A41, que "atravessa a cidade".


"É um balanço extremamente negativo para a população, para os arruamentos que estão a ficar danificados e para as próprias áreas de serviço da Maia que têm pouco movimento porque as pessoas não querem pagar a portagem e usam as estradas municipais", afirmou Bragança Fernandes à margem da inauguração do Centro de Operações de Correio do Norte dos CTT, na Maia.

O autarca considera que a Maia foi "discriminada em relação a outros concelhos vizinhos" já que há alguns que "não têm pórticos, como o caso de Matosinhos nos primeiros seis, sete quilómetros".

"Em Vila do Conde, dentro da cidade, não há problema nenhum usando a A28. Vai-se a Viana do Castelo e é a mesma coisa. Chega-se à Maia e, talvez por ser um concelho de outro partido, o que acontece é que os habitantes e os industriais pagam portagem para se deslocarem da zona industrial ao centro da cidade", acrescentou.

Bragança Fernandes, que admitiu ser "a favor das portagens" mas "para todos ao mesmo tempo" acredita que o estudo para instalação de pórticos nas SCUT do Norte "foi feito em cima do joelho" uma vez que "não há equidade" nem estradas nacionais que funcionem como alternativa.

Para os próprios CTT agora instalados na Maia, "tudo fica mais caro" e "todo o transporte que se desloque aqui vai ter de pagar portagem" bem como "os próprios trabalhadores que se deslocam de Gaia", lembrou.

"A A41 atravessa a cidade e eu pergunto: porquê na maia? Porque fomos discriminados negativamente? Há alguma razão?", questionou.

O presidente da autarquia adiantou que na reunião de Janeiro com o ministro das Obras Públicas (presente hoje na cerimónia) irá "propor a eliminação de alguns pórticos da A41 porque nunca deveriam estar lá".

"Falei com o ministro, pareceu-me desconhecer a situação e marcou uma reunião para Janeiro para tentarmos resolver o problema", salientou.

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Maia&Option=Interior&content_id=1741028


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum