BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Setembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Empresas públicas podem adaptar norma de cortes salariais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

23112010

Mensagem 

Empresas públicas podem adaptar norma de cortes salariais




O PS conseguiu hoje aprovar uma alteração à norma dos cortes salariais nas empresas públicas com maioria de capital do Estado e entidades públicas empresariais, abrindo a porta a «adaptações» desde que autorizadas e justificadas «pela sua natureza empresarial».
Os «trabalhadores das empresas públicas de capital exclusiva ou maioritariamente público, das entidades públicas empresariais e das entidades que integram o sector empresarial regional ou municipal» era o texto original da proposta de lei do Orçamento, ao qual o PS acrescentou hoje a expressão «com as adaptações autorizadas e justificadas pela sua natureza empresarial».

O texto não especifica que adaptações serão autorizadas, quem as autorizará nem o que constitui uma justificação de «natureza empresarial» válida.

A proposta de alteração que contempla esta nova possibilidade foi entregue na parte da tarde, já depois do debate na especialidade realizada pela manhã, pelo que foi votado sem intervenções quer do PS a explicar quer da oposição a questionar a alteração.

No entanto, foi dado um período de 10 minutos para apreciação do novo texto, após o qual o parlamento aprovou com voto favorável do PS, abstenção do PSD e voto contra dos restantes partidos.

Desde que foram anunciados cortes salariais, pelo menos a Caixa Geral de Depósitos pediu um regime de excepção, por considerar que a medida poderia provocar uma fuga de quadros para a esfera privada.

As empresas do sector empresarial do Estado têm reunido regularmente com a equipa do ministério das Finanças para debater as formas de aplicar as medidas de austeridade decididas pelo Governo e agora aprovadas no Orçamento.
http://sol.sapo.pt/inicio/Economia/Interior.aspx?content_id=5199

Em simultaneo certos CMDT DT criam equipas de fiscalização para ver numeros, Sabujos convertam-se, vocês não são os BOYS, não ver o seu ordenado mexido, e se for mexido só para baixo
avatar
robert langdon
FURRIEL
 FURRIEL

PAÍS :
IDADE : 41
MENSAGENS : 343
LOCALIZAÇÃO : portugal
EMPREGO : Criptógrafo
INSCRIÇÃO : 26/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum