BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Novembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930   

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




EMEL - Empresa escolhida para remover carros não tinha reboques

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

04112010

Mensagem 

EMEL - Empresa escolhida para remover carros não tinha reboques




Empresa escolhida para remover carros não tinha reboques
Firma contratada teve de ir buscar veículos a Espanha. EMEL não comenta

A firma que a Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa (EMEL) contratou para assegurar a remoção e transporte de viaturas, no âmbito de um concurso público, não tinha reboques e teve de importar carros de Espanha, que não dão conta do serviço.

A denúncia parte da Transfadigas, a empresa que prestava este tipo de serviço há sete anos, através da Ibero Assistência, e que agora foi preterida.

Fernando Fadigas, proprietário desta firma com sede em Viseu não coloca de parte a hipótese de contestar o resultado do concurso e acredita que a EMEL tomou "uma má decisão" ao entregar o serviço a uma empresa "que ninguém conhece no mercado".

Fernando Fadigas não se conforma com o resultado do concurso. "Nós fazíamos um bom trabalho. Por dia, conseguíamos rebocar 40 a 50 viaturas. Não percebemos por que razão não fomos escolhidos", afirma Fernando Fadigas, acrescentando que a empresa vencedora "não tinha sequer reboques para prestar o serviço".

De acordo com o empresário, a firma vencedora teve de importar "dois ou três reboques de Espanha". Conta que houve reboques a efectuar serviços com matrícula espanhola, mas que foram rapidamente "encostados" e agora já têm matrícula portuguesa. Porém, "não estão a dar conta do recado", assegura.

Uma fonte não oficial da EMEL, confirmou ao JN que o serviço prestado piorou em termos de qualidade, uma vez que a anterior firma, a Transfadigas, conseguia ser mais eficaz, uma vez que tinha mais reboques. Revelou ainda que os novos, adquiridos pela firma vencedora, são "fracos" e não conseguem rebocar todo o tipo de viaturas.

Já a fonte oficial da EMEL contactada pelo JN recusou prestar qualquer comentário sobre o assunto.

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Lisboa&Concelho=Lisboa&Option=Interior&content_id=1702141


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

EMEL - Empresa escolhida para remover carros não tinha reboques :: Comentários

avatar

Mensagem em Qui 4 Nov 2010 - 17:39 por alemão

A cobardia é assim, quando se está comprometido não se responde, fecham-se em copas, mas já todos calculamos de que esta firma vencedora tem politicos por detrás, disso não temos duvidas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum