BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Junho 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Scut: portagens vão retirar população a Esposende

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

21102010

Mensagem 

Scut: portagens vão retirar população a Esposende




A perda de população» é uma das consequências que a introdução de portagens vai trazer, dentro em breve, para o município de Esposende, alertou à Lusa o presidente da Câmara Municipal local.

João Cepa lembra que «muitas pessoas que trabalham noutros concelhos, como Porto ou Viana do Castelo, fixaram a sua residência em Esposende».
«Tinham uma via gratuita que lhes permitia chegar rapidamente ao seu destino. Agora, e com as portagens na A 28, vamos perder população, porque as pessoas que residiam aqui vão procurar morar nas cidades onde trabalham», lamentou.
Para o autarca, esta situação vai representar «uma machadada na estratégia de desenvolvimento que estava delineada para o município de Esposende».
É que este concelho, que se situa entre o rio e o mar, sempre teve um problema de sazonalidade, com pouca gente no Inverno e muita no Verão.
«Mas essa era uma situação que tínhamos conseguido combater», explicou João Cepa, para quem «agora vai andar-se para trás 15 anos com esta medida desastrosa do Governo de portajar a A28».
O presidente da Câmara de Esposende lembrou à Lusa que em 2006 já tinha alertado para esta situação o então ministro das Obras Públicas Transportes e Comunicações, Mário Lino, quando este avançou que as SCUT Grande Porto, Costa da Prata e Litoral Norte iam ter portagens.
«Alertei que Esposende ia ser o concelho mais prejudicado, porque muitas pessoas que aqui residem utilizam, diariamente, a A28. Mas ninguém me ouviu, porque o importante é fazer dinheiro sem pensar nas consequências», acusou João Cepa.
O autarca de Esposende diz-se também preocupado com a segurança das pessoas, porque há uns anos a EN 13 tinha elevados índices de sinistralidade.
«Agora, com o aumento do tráfego naquela via, vamos voltar ao passado», vaticinou.
Aliás, na quarta-feira «uma pessoa foi atropelada na EN 13 com gravidade, junto à freguesia de Navais, na Póvoa de Varzim», lembrou.


http://diario.iol.pt/sociedade/scut-a28-portagens-esposende-camara-tvi24/1201431-4071.html
avatar
solamente
ALFERES
 ALFERES

PAÍS :
IDADE : 52
MENSAGENS : 2082
LOCALIZAÇÃO : algarve
EMPREGO : domar feras
INSCRIÇÃO : 14/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum