BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Julho 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Mineiros Chilenos - De volta à superfície De volta à superfície

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

13102010

Mensagem 

Mineiros Chilenos - De volta à superfície De volta à superfície




As equipas de salvamento que trabalham há 69 dias no Norte do Chile começaram a devolver à superfície os 33 mineiros bloqueados a 700 metros de profundidade entre as paredes da mina de ouro e cobre de San José. Os homens estão a ser resgatados um a um dentro de uma cápsula com 53 centímetros de diâmetro, numa operação que o Presidente chileno, Sebastián Piñera, considerou única “na História da humanidade”.

No Chile, os ponteiros dos relógios marcavam as 0h10 (4h10 em Lisboa) quando o primeiro dos 33 mineiros aprisionados desde Agosto pôde respirar o ar da noite no Deserto do Atacama. A cápsula de salvamento Fénix II precisou de menos de 15 minutos para transportar Florencio Ávalos até à superfície. Diante das câmaras de televisão, o mineiro de 31 anos abraçou o filho de sete, Bairon, e a mulher, Mónica. À sua espera tinha também o Presidente do Chile. “O nosso primeiro mineiro está connosco”, declarou Sebastián Piñera.Cronologia do colapso em San José

As viagens da cápsula, desenvolvida com a ajuda da NASA e pintada com as cores do Chile, sucedem-se sem incidentes e o número de mineiros resgatados continua a aumentar. Os operadores do mecanismo estão agora atentos ao esperado desgaste dos cabos e das roldanas.

Um conjunto de testes atrasou o início de uma operação sem precedentes que deverá levar 36 horas. Os trabalhos começaram com a descida do socorrista Manuel Gonzalez, da companhia estatal de exploração de cobre Codelco, até à galeria onde os mineiros se encontram desde o dia 5 de Agosto. Roberto Rios, um paramédico das forças especiais da Armada chilena, repetiu, depois, o percurso de Gonzalez. A ordem de resgate foi decidida com base numa escala de triagem: os mineiros “hábeis” serão os primeiros a sair, seguindo-se os homens considerados mais “frágeis”; os mais “fortes”, capazes, em teoria, de suportar várias horas de espera, ficam para o fim.

“A lição dos mineiros”
A acompanhar a operação desde as primeiras manobras dos socorristas, o Presidente chileno tem recebido com abraços os mineiros resgatados às entranhas de San José, equipados com capacetes e óculos escuros que os protegem da luz. O salvamento em curso constitui, nas palavras de Piñera, uma operação “sem comparação na História da humanidade”. “Jamais um tal salvamento foi tentado”, assinalou o Chefe de Estado.

“Que a lição dos mineiros fique para sempre connosco. Eles demonstraram, como o demonstraram as vítimas do terramoto [de Fevereiro deste ano] e aqueles que estão a reconstruir, que, quando o Chile se une e o faz na adversidade, pode realizar grandes feitos”, regozijou-se ainda o Presidente chileno, referindo-se à provação dos 33 homens como um testemunho “do valor da fé e da esperança, do valor da camaradagem e da solidariedade”.

Sebastián Piñera confirmou também que a mina de cobre e ouro, com “uma longa história de acidentes”, vai ficar encerrada “até que a segurança esteja garantida em pleno”.

“Com Deus e com o diabo”
O chefe do turno apanhado em Agosto pelo colapso de 700 mil toneladas de rocha vai ser o último a entrar na cápsula. Terá sido a liderança de Luís Urzua que ajudou os homens a suportar os primeiros 17 dias sem qualquer contacto com a superfície. Entre outras medidas cruciais de sobrevivência, os mineiros conseguiram poupar rações para pouco mais de 48 horas, enquanto aguardavam a chegada dos primeiros mantimentos preparados pelas equipas de salvamento.

A ordem de resgate pode ser alterada, caso os paramédicos se deparem com súbitos problemas de saúde. Sabe-se que pelo menos dez dos mineiros sofrem de hipertensão, diabetes, infecções dentárias e respiratórias e lesões da pele causadas pelos elevados níveis de humidade no interior de San José. Citada pela Associated Press, Janette Marin, cunhada do mineiro Dário Segóvia, desvalorizou a ordem definida pelos socorristas. “Isto só será um sucesso quando todos saírem”, disse.

A cápsula está equipada com uma câmara, destinada a monitorizar eventuais sinais de pânico, e os mineiros dispõem de máscaras de oxigénio. Para prevenir a formação de coágulos causados pela velocidade da subida, todos os homens envergam meias de compressão e tiveram de tomar aspirina. Nas últimas horas, foram submetidos a uma dieta líquida preparada pela Agência Espacial dos Estados Unidos. O objectivo é evitar que vomitem durante as dez ou mais rotações que a cápsula tem de fazer até irromper do solo.

“Estive com Deus e com o diabo”, desabafou um emocionado Mário Sepúlveda Espina depois de ser retirado da Fénix II. O mineiro de 39 anos pediu depois que não tratem os 33 homens “como artistas ou jornalistas”: “Quero continuar a ser tratado como Mário Sepúlveda Espina, trabalhador, mineiro. Quero continuar a trabalhar porque creio que nasci para morrer sob o jugo e orgulhoso da minha educação”.


5 de Agosto: trinta e três mineiros da mina de cobre e ouro de San José, localizada a 800 quilómetros a Norte de Santiago do Chile, ficam bloqueados após o colapso de 700 mil toneladas de rocha.

6 de Agosto: o Presidente do Chile, Sebastián Piñera, sai a público e garante que o Governo fará “tudo o que for humanamente possível” para resgatar os mineiros.

12 de Agosto: na sequência de novas deslocações de rocha no interior da mina, o Ministério da tutela admite que as probabilidades de resgatar os mineiros com vida são “fracas”.

22 de Agosto: uma sonda subterrânea depara-se com os mineiros vivos; “Estamos bem, os 33, no abrigo”, lê-se numa mensagem dos homens soterrados escrita num pedaço de papel.

23 de Agosto: os mineiros recebem, através de uma estreita conduta, os primeiros reforços de alimentos; em situação de pré-falência, a empresa San Esteban, proprietária da mina de San José, admite que pode vir a falhar o pagamento de salários aos homens aprisionados debaixo do Atacama.

25 de Agosto: as autoridades chilenas comunicam aos mineiros que as operações de salvamento podem demorar três a quatro meses; começa a troca de correio entre os operários da San Esteban e as suas famílias.

26 de Agosto: enquanto as televisões mostram as primeiras imagens dos mineiros, testemunhando a forma organizada como estão a acautelar a sua sobrevivência, a justiça chilena congela 1,8 milhões de dólares em receitas da mina, de modo a garantir futuras indemnizações.

30 de Agosto: a perfuradora “Strata 950” começa a abrir um poço de socorro com 30 centímetros de diâmetro.

4 de Setembro: um sistema de videoconferência põe os mineiros em contacto com as famílias.

5 de Setembro: início do “plano B”; uma perfuradora “T-130” começa a trabalhar.

17 de Setembro: a perfuradora “T-130” chega à galeria que abriga os mineiros; seguir-se-á o alargamento da conduta.

19 de Setembro: início do “plano C”; uma perfuradora petrolífera começa a abrir um terceiro poço com um diâmetro de 66 centímetros.

25 de Setembro: chegada de uma cápsula de resgate à mina de San José.

30 de Setembro: as famílias de 29 dos 33 mineiros interpõem na justiça um pedido de indemnização de 12 milhões de dólares contra a companhia proprietária da mina.

10 de Outubro: o poço aberto no âmbito do “plano B” é alargado para facilitar o trajecto da cápsula.

11 de Outubro: os testes de “ida e volta” da cápsula Fénix são bem sucedidos.

13 de Outubro: Florencio Ávalos, de 31 anos, é o primeiro homem a deixar o cativeiro de San José.

À razão de um mineiro por hora, a cápsula transportaria outros três homens para a madrugada, Mário Sepúlveda Espina, Juan Illanes e o boliviano Carlos Mamani. Com a bandeira chilena estampada na roupa, entre lágrimas, aplausos e cânticos, Mamani gritou: “Obrigado, Chile”.

http://tv2.rtp.pt/noticias/?t=Capsula-Fenix-resgata-mineiros-soterrados-no-Chile.rtp&article=383060&visual=3&layout=10&tm=7



Última edição por BTBRAVO em Qua 13 Out 2010 - 3:49, editado 1 vez(es)


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Mineiros Chilenos - De volta à superfície De volta à superfície :: Comentários

avatar

Mensagem em Qua 13 Out 2010 - 3:49 por BTBRAVO


http://tv2.rtp.pt/noticias/?t=Operacao-de-salvamento-de-mineiros-esta-a-decorrer-com-sucesso.rtp&headline=20&visual=9&article=383066&tm=7

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 13 Out 2010 - 4:18 por solamente

perdi algumas horas de sono e vi foi emocionante e isto meus amigos só prova que Deus existe e ter fé e esperança ajuda em tudo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem  por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum