BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Maio 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Lucros da EMEL vão triplicar em 2010

Ir em baixo

08092010

Mensagem 

Lucros da EMEL vão triplicar em 2010




Lucros da EMEL vão triplicar em 2010

A capital portuguesa revelou-se a cidade europeia onde é mais caro estacionar um automóvel nos parquímetros de rua e esse facto traduz-se em maiores receitas para a EMEL.

Em 2010, o atual tarifário vai permitir à empresa triplicar os resultados obtidos em 2009 (€180 mil), para um intervalo entre €600 e €700 mil. Considerando a primeira (€0,80) e a segunda hora (€1,80), o pagamento nos parquímetros da EMEL - Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa é inferior à média europeia (€0,93 e €1,91, respetivamente) e à média dos parques operados por privados em Lisboa (€1,02 e €2,01). No entanto, os custos aumentam significativamente a partir da terceira e quarta hora (€3,40 e €5,15 respetivamente), quando as médias europeias são de €2,49 e €3,47 no mesmo período.

Uma comparação internacional de tarifários "permitiu concluir que Lisboa tem tarifas mais caras no estacionamento de baixa rotação, a partir da primeira hora, face aos exemplos analisados", admite a própria EMEL, com base num estudo de 2009. Em confronto, estão cidades como Londres, Amesterdão, Milão, Madrid e Oslo. Nesta última, estacionar durante quatro horas (€2,50) custa menos de metade do que em Lisboa (€5,15). Na capital portuguesa só é mais barato estacionar nas zonas de média e alta rotação, cujo tarifário vai ser revisto em 2011.

A ANEPE (Associação Nacional de Empresas de Parques e Estacionamento) ainda não dispõe de um estudo semelhante para o conjunto dos 143.378 lugares de estacionamento dos seus 20 associados em Portugal. Mas a consulta a uma amostra de oito cidades e outro tantos parques de estacionamento em aeroportos, estações de caminho de ferro e centros comerciais, permitiu concluir que Lisboa é, de facto, a cidade mais cara do país e matéria de estacionamento, com destaque para o Aeroporto da Portela (€6 a €8,80 para quatro horas, consoante o parque utilizado). No Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, o tarifário varia entre €5,80 e €8,10.

No entanto, António Júlio Almeida, presidente da EMEL, indigna-se perante o facto de ser, atualmente mais barato estacionar um carro o dia todo na avenida da Liberdade (€15,45) do que no parque subterrâneo da praça dos Restauradores (€19,85) gerido pela Emparque.

Para pôr fim a estas disparidades, a EMEL apresentou um novo modelo tarifário diferenciado para a cidade de Lisboa, com duas coroas e dois tipos de eixos principais. Com a cidade assim dividida, verifica-se que a tarifa vai diminuir em cerca de 62% dos lugares e subir em 35% dos espaços de estacionamento. Apenas 3% dos grandes eixos irão sofrer aumentos mais significativos e serão limitados a um período máximo de duas horas, em vez de quatro.

"O que está em causa é introduzir uma racionalidade ao sistema tarifário que até agora não existia. A cidade de Lisboa não é toda igual. Há zonas com diferentes ofertas de serviços públicos, diferentes índices de motorização, diferentes rácios de residentes e de lugares, diferentes níveis de comércio de atividade económica", explica António Júlio de Almeida.

http://aeiou.expresso.pt/lucros-da-emel-vao-triplicar-em-2010=f602404


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum