BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Agosto 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Algarve - Obras na EN125 até 2013

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

24052010

Mensagem 

Algarve - Obras na EN125 até 2013




Trânsito: Portagens na A22 podem avançar este ano
Obras na EN125 até 2013


A requalificação da Estrada Nacional 125 (EN125) só deverá estar concluída em 2013, mas o Governo está já a criar condições para a introdução de portagens na Via do Infante (A22) até ao final do ano.

A Entidade Regional do Turismo do Algarve (ERTA) aconselha a esperar pela requalificação e a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) fala em desastre e levanta dúvidas sobre a legalidade da cobrança na A22.

Em Março de 2008, o primeiro--ministro, José Sócrates, lançou o concurso para a concessão ‘Algarve Litoral’ (requalificação da EN125) e disse, em Portimão, que a obra seria adjudicada até ao final desse ano e que a requalificação estaria concluída no final de 2010. O contrato de subconcessão só foi assinado em Abril de 2009. Na altura, o então ministro das Obras Públicas, Mário Lino, anunciou a conclusão da requalificação em três anos (até 2012). Segundo dados fornecidos ao CM pela Estradas de Portugal (EP), há três dias, a requalificação tem um prazo de quatro anos (até 2013) e o cálculo de custos também aumentou de 150 para 182 milhões de euros.

Até ao momento só há um troço concluído (Monte Gordo-Vila Real de Santo António) e uma obra em curso (variante em Faro). "Estamos na fase de projectos e avaliações ambientais e isso costuma demorar um ano", justificou o gestor do contrato na EP, Mendes Godinho.

O turismo algarvio está já sob o espectro das portagens. "Não devem ser introduzidas enquanto a EN125 não for uma verdadeira alternativa", diz Nuno Aires, da ERTA. "Vai ser um desastre e é ilegal, porque dois terços da A22 (entre a Guia e Vila Real de Santo António) não têm características de auto--estrada e foram financiados por dinheiros comunitários", avisa Elidérico Viegas, da AHETA.

PORMENORES

273 KM DE EXTENSÃO

Os troços integrados na subconcessão têm uma extensão total, incluindo ligações, de 273 km, dos quais 30 km a construir de raiz.

28 TROÇOS

Estão calendarizadas intervenções em 28 troços, desde Vila Real de Santo António até Sagres. A EN125 atravessa 12 dos 16 concelhos algarvios.

OBRAS ESTE ANO

Vão iniciar-se no terceiro trimestre as variantes em Lagos, Odiáxere, Olhão e S. Lourenço.

30 ANOS DE CONCESSÃO

O contrato de subconcessão é válido por trinta anos, incluindo exploração e conservação.

N125 é, actualmente, uma das estradas mais perigosas no País

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/obras-na-en125--ate-2013


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum