BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Julho 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Cargas perigosas à margem da lei

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

05042010

Mensagem 

Cargas perigosas à margem da lei




05 Abril 2010 - 00h30
Ambiente: Fiscalização detecta irregularidades no transporte de resíduos
Cargas perigosas à margem da lei


Um em cada cinco transportes de resíduos fiscalizados em Março possuía infracções, sendo que em três casos foram "verificadas situações muito graves de tentativa de transporte ilegal com resíduos contaminados", revelou fonte do Ministério do Ambiente. Na ‘Operação Resíduos’, entre 8 e 12 de Março, foram inspeccionados 1016 transportes, dos quais 120 transportavam resíduos. Neste último grupo 25 apresentavam infracções, sendo três destas muito graves.

Em Vilar Formoso um transporte de resíduos contaminados de compressores de frigoríficos foi obrigado a regressar a Espanha. Em Elvas, uma carga de 40 veículos em fim de vida indevidamente descontaminados foi impedida de seguir para Espanha. Numa terceira inspecção, um camião carregado com resíduos de casco de vidro completamente contaminado foi impedido de entrar em Portugal.

A acção das autoridades levou a que 41 depósitos de veículos em fim de vida tenham sido erradicados. Na fiscalização dos operadores de gestão de resíduos os resultados obtidos até final de Fevereiro são igualmente preocupantes. Verificaram-se 31 casos de infracção, dos quais sete foram corrigidos e 24 objecto de medidas sancionatórias, com a suspensão de cinco agentes. No controlo dos transportes por via marítima são vários os casos sob investigação, como movimentos para o Extremo Oriente e outros com origem em Cabo Verde, revelou a Inspecção do Ministério do Ambiente.

FLORESTA SUBSTITUI ATERROS

A ‘Operação Resíduos’ visa terminar com infracções cometidas por empresas de transporte de resíduos que optam pela prática ilegal de depósito de entulho na floresta em vez de o canalizar para aterros. Uma operação que começa a dar frutos, pois industriais dos centros integrados de recuperação, valorização e eliminação de resíduos confirmaram junto do Ministério do Ambiente "o aumento das quantidades de resíduos recepcionados após o início das inspecções", cujas coimas variam entre os 38 500 e os 2,5 milhões. A 25 de Março, as dez toneladas que a empresa falida Transportes Pelariguense colocara de forma ilegal nas serras de Freita e de Mansores, concelho de Arouca, foram por fim para um aterro. Uma fábrica deu três mil euros para ser dada uma solução aos resíduos mas a opção foi deixá-los nas serras.

SAIBA MAIS

FIM DAS LIXEIRAS

Criado em 1997, o primeiro plano estratégico para resíduos sólidos urbanos visava acabar com as lixeiras. Em 2007, um novo plano apostou na redução e reciclagem.

238 sacos plásticos utilizados em média por cada pessoa/ano. Um saco demora 400 anos a ser decomposto pela natureza.

477 quilos de lixo são produzidos por ano por cada português. Média europeia é de 524 quilos. Em Portugal, só 9% do lixo é reciclado.

RESÍDUO INDUSTRIAL

Gerado pela indústria, é altamente prejudicial ao meioambiente e à saúde.

ATERROS SANITÁRIOS

Considerados como um solução relativamente barata de disposição final de resíduos urbanos.

http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?contentid=7A00EB15-0F1E-482C-8A54-ED652B4C96C3&channelid=00000010-0000-0000-0000-000000000010


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum