BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Agosto 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Tragédia: 32 mortos na Madeira

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

20022010

Mensagem 

Tragédia: 32 mortos na Madeira




O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, confirmou que o mau tempo na Madeira causou 32 mortos. O governante e José Sócrates vão deslocar-se de imediato para a região. As comunicações com o arquipélago estão muito complicadas, as viagens de e para o aeroporto do Funchal estão suspensas e as autoridades sentem muitas dificuldades para resolver todos os pedidos. Inundações, derrocadas, estradas intransitáveis ou mar revolto são apenas alguns dos efeitos do mau tempo.

O governante adiantou que está a ponderar declarar o estado de calamidade pública para a região, podendo, assim, pedir apoios aos países da União Europeia para ajudar as vítimas do mau tempo que este sábado deixou um rasto de destruição na ilha da Madeira, uma tragédia que já superou a calamidade de 1993.
Para a Madeira, a bordo do avião Falcon, vão partir de imediato Rui Pereira, o primeiro-ministro, José Sócrates, o secretário de Estado da Protecção Civil, Vasco Franco, e o comandante Operacional Nacional, Gil Martins, além de oficiais de engenharia militar e técnicos da protecção civil, cuja missão é avaliar e reconhecer as necessidades. http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?contentid=1681A37D-D00A-4901-85E2-5E8EFC094EF7&channelid=00000021-0000-0000-0000-000000000021
avatar
solamente
ALFERES
 ALFERES

PAÍS :
IDADE : 52
MENSAGENS : 2082
LOCALIZAÇÃO : algarve
EMPREGO : domar feras
INSCRIÇÃO : 14/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Tragédia: 32 mortos na Madeira :: Comentários

avatar

Mensagem em Sab 20 Fev 2010 - 15:57 por BTBRAVO

Madeira/Mau tempo: GNR envia 56 militares especialistas em socorro para o arquipelago

Lisboa, 20 fev (Lusa) - A Guarda Nacional Republicana (GNR) tem 56 homens e dois cães, do Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS), preparados para embarcar ao início da manhã de domingo para a Madeira, disse hoje à Lusa fonte daquela força.

Dos 56 militares da GNR que o Comando daquela força de segurança disponibilizou, fazem parte "Equipas de Socorro em Inundações, de Resgate em Montanha e com a especialidade de Sapador", precisou o comandante dos GIPS, tenente-coronel Carvalho da Paixão.

O oficial da GNR afirmou que os restantes militares da sua unidade, mesmo os que estavam de fim de semana, "foram chamados para se apresentarem o mais rapidamente possível no quartel do Grafanil", base dos GIPS.

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Interior.aspx?content_id=1500084

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Dom 21 Fev 2010 - 15:35 por COMANDANTE GERAL

Madeira: novo balanço de 42 mortos
85 dos que foram dados como desaparecidos já regressaram às suas casas

Por: Redacção /SM | 21-02-2010 17: 03

Madeira: mau tempo fez : 42 mortos, 70 pessoas hospitalizadas.
Há cerca de um dia D"SUL

Artigo actualizado às 20h51

O secretário dos Assuntos Sociais da Madeira revelou que o número de vítimas mortais do temporal que assolou a região aumentou esta tarde para 42, segundo dados oficiais.

Veja as imagens da tragédia e leia tudo sobre o temporal que assolou a Madeira

Em declarações à agência Lusa, Francisco Jardim Ramos adiantou que o «depósito de cadáveres» foi centrado no Aeroporto da Madeira por «uma questão operacional» e que as vitimas mortais «ainda não estão todas identificadas».

No local, está uma equipa de apoio às famílias constituída por psicólogos, psiquiatras e assistentes sociais. Referiu que há ainda 248 desalojados. 85 dos que foram dados como desaparecidos já regressaram às suas casas, sendo apenas não estavam contactáveis devido à grande dificuldade de comunicações.

«Continuamos no terreno a trabalhar com equipas por todas as zonas afectadas», apontou, assegurando que as coisas na freguesia do Curral das Freiras, uma das zonas que ficou isolada e que «causava preocupação» começam a regressar à normalidade e a estrada de acesso «já está transitável».

Jardim Ramos que visitou esta tarde o local, disse que se registou nesta zona uma vitima mortal, uma pessoa está dada como desaparecida, mas não existem feridos.

Quanto aos doentes que foram internados no hospital dr. Nélio Mendonça, no Funchal, assegurou que «estão a evoluir favoravelmente e o número de desaparecidos está a diminuir drasticamente».

Mais «mortos»

Entretanto, o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Albuquerque, disse à Lusa «temer muito» que o número de vítimas mortais «venha a aumentar».

«Neste momento, a nossa maior preocupação são as casas danificadas e inundadas, os carros soterrados e levados pelas enxurradas em que, suspeitamos, deveremos encontrar mais vítimas mortais«, disse o autarca.

Governo decreta três dias de luto nacional
Acesso ao Curral das Freiras restabelecido
PSP relata tentativas de pilhagem
«Têm de encontrar a minha filha»
O medo perante o caos: «Receei pela minha vida»
Madeira: «melhor planeamento urbanístico teria evitado catástrofe»
120 feridos deram entrada no Hospital

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/madeira-mortos-mau-tempo-tvi24-ultimas-noticias-proteccao-civil/1141025-4071.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 22 Fev 2010 - 5:28 por BTBRAVO

22 Fevereiro 2010 - 00h29

Madeira: Críticas da PSP

As equipas de busca e salvamento (binómio homem/cão) da PSP foram desmobilizadas de forma “injustificada” das operações de resgate na Região da Madeira. A equipa seria constituída por sete binómios.

O Sindicato dos Profissionais de Polícia já criticou esta medida, pois considera que estas equipas “existem e podem salvar vidas humanas”. Entretanto oFCPorto divulgou ontem, após a vitória (5-1) sobre o Sp.Braga, que irá realizar um jogo de solidariedade na Madeira, em que deverá participar tambémCristiano Ronaldo, jogador doReal Madrid. A data e o local do encontro ainda se encontram por designar.

http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?contentid=0099E40D-2B2B-4D20-BFD4-89E9ABAFEC10&channelid=00000010-0000-0000-0000-000000000010

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 22 Fev 2010 - 7:46 por FALCÃO NEGRO

Psp segundo noticia correio da manhã de hoje dia 22 Fevereiro 2010, preocupada com desactivação de meios cinotecnicos daquela força alegando que podiam estar vidas em risco, ignorando que a caminho já iam meios da GNR incluindo cinotecnicos será que as quintinhas serão mais importantes que as vidas dos cidadãos ou estarão melindrados em ver tantos guardas a entrar na Madeira, de seguida irão pensar em constituir um GIPS, para a guarda nunca lá mais colocar ninguém, como vêm senhores da PSP gostam muito nas reuniões governos civis colocar oficiais em força para apanhar áreas dos outros e no dia a dia entram nessas áreas desrespeitando colegas e serviço, e agora quando estão vidas em risco continuam a preocupar-se com quem vai e não se alguém vai.....assim vai este país.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 22 Fev 2010 - 12:02 por COMANDANTE GERAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 22 Fev 2010 - 12:04 por COMANDANTE GERAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 22 Fev 2010 - 12:04 por COMANDANTE GERAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 22 Fev 2010 - 12:04 por COMANDANTE GERAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 22 Fev 2010 - 12:05 por COMANDANTE GERAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 22 Fev 2010 - 12:06 por COMANDANTE GERAL

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Seg 22 Fev 2010 - 16:05 por BTBRAVO

Madeira: polícias pedem apoio psicológico

Para lidarem com as mortes de familiares e por procurarem corpos durante todo o dia

Os agentes da PSP que estão na Madeira reclamam apoio psicológico para conseguir lidar com as mortes de familiares e amigos e tentar ultrapassar o trauma de passar o dia à procura de cadáveres nos escombros, informa a Lusa.

O alerta foi lançado pelo presidente do Sindicato Nacional de Polícia (SINAPOL), Armando Ferreira, que, em declarações à agência Lusa, sublinhou os «muitos telefonemas» que tem recebido pedindo «com urgência apoio psicológico».

«Há agentes que perderam familiares e outros que encontraram corpos. Não é fácil ir dormir quando se encontrou corpos durante o dia», alertou Armando Ferreira.

Uma delegação do SINAPOL parte terça-feira de manhã para a Madeira para fazer um levantamento das necessidades dos agentes, mas também um estudo sobre o estado das instalações após as fortes chuvadas que no sábado destruíram a ilha.

De acordo com Armando Ferreira, «há bastante destruição de esquadras» e «muitos danos nas instalações», mas só na quarta-feira a delegação sindical conseguirá fazer um retrato real da situação. «Vamos deslocar-nos a todas as esquadras da ilha e fazer um levantamento do estado das esquadras», referiu.

O presidente do SINAPOL sublinha que a viagem de dois dias à Madeira será totalmente custeada pelo sindicato.
http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/ultimas-tvi24-psp-madeira/1141409-4071.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 23 Fev 2010 - 10:33 por BRIOSA BT

Madeira/Mau tempo: Regimento militar transformado em centro de acolhimento com "rotina completamente alterada"

23 de Fevereiro de 2010, 16:49


Funchal, 23 fev (Lusa) - O Regimento Militar de Guarnição 3, no Funchal, está a servir de abrigo improvisado para cerca de 350 pessoas, desalojadas pelo temporal da Madeira, funcionando com uma "rotina completamente alterada".

O segundo comandante do regimento, Carlos Dionísio, salientou que o número de desalojados tem variado já que muitas pessoas eram provenientes de vários pontos da ilha.

Por exemplo, esta tarde, "174 estão ainda a aguardar uma solução de habitação, das quais 35 são crianças", explicou o militar, salientando que a unidade procura ser mais um agente da Protecção Civil, operacional "desde as primeiras horas", procurando recolher desalojados e apoiar buscas no terreno em vários pontos da ilha.

http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10716510.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 23 Fev 2010 - 10:36 por BRIOSA BT

Madeira/Mau tempo: Investimentos Habitacionais lançam concurso para arrendar 50 fogos para realojar famílias

23 de Fevereiro de 2010, 17:07


Funchal, 22 fev (Lusa) - Os Investimentos Habitacionais da Madeira (IHM) lançaram hoje uma oferta pública para arrendamento de 50 fogos no Funchal para realojar pessoas vítimas do mau tempo, disse à Agência Lusa o presidente da empresa pública, Paulo Atouguia.

"Lançámos um concurso público para arrendamento de fogos em mercado privado. É um programa específico que temos na Madeira em que podemos arrendar fogos a proprietários privados a quem pagamos uma renda e, depois, as tais famílias são instaladas nesses fogos em termos de realojamento social normal", afirmou Paulo Atouguia.

O presidente da empresa adiantou que na sequência da iniciativa estão a receber "imensos contatos de pessoas que nos pretendem arrendar fogos" e, noutros casos, "situações de promotores que pretendem disponibilizar".

http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10716994.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 23 Fev 2010 - 10:37 por BRIOSA BT

Madeira/Mau Tempo: Parlamento Europeu decide debater tragédia na sessão plenária de quarta feira

23 de Fevereiro de 2010, 17:08

Bruxelas, 23 fev (Lusa) - O Parlamento Europeu vai debater na sessão plenária que se realiza quarta feira em Bruxelas a situação de calamidade causada pelo mau tempo na Madeira a pedido do único eurodeputado da Região Autónoma, Nuno Teixeira, do PSD.

A decisão foi tomada hoje na reunião de líderes políticos da assembleia que acertou a agenda definitiva da sessão plenária de quarta e quinta feira, disse à Lusa fonte parlamentar.

A tragédia na Madeira começará por ser assinalada logo na abertura da sessão plenária, que tem início às 15:00 (14:00 em Lisboa).

http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10716952.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 23 Fev 2010 - 11:00 por BRIOSA BT

Duas equipas cinotécnicas da Guarda Nacional Republicana (GNR) estão desde as 9h30 à entrada do túnel da Meia Légua, em busca de cadáveres resultantes de uma derrocada, sábado, a partir do Pomar da Rocha.

Fonte policial informou à Lusa que cerca das 15h um transeunte encontrou um corpo na Meia Légua, zona alta da Ribeira Brava, no complexo desportivo local.

Esta zona foi particularmente afetada pelo temporal, uma vez que se registou uma enorme derrocada de uma altura de 150 metros, levando consigo várias habitações.

Perímetro das buscas alargado

A equipa cinotécnica mantém-se esta tarde no local e alargou o perímetro das buscas. As equipas são constituídas por dois cães - "Sasha", uma golden retrivier, e "Óscar", um cocker spaniel -, que farejam o local onde caíram as terras impelidas pela derrocada.

A busca está ainda a ser acompanhada por mais dois elementos da GNR e um elemento da Proteção Civil.

Um dia depois do temporal, no domingo, os bombeiros encontraram três corpos soterrados nesta zona da Meia Légua, junto a uma ribeira, à entrada do túnel que liga à zona alta da Ribeira Brava, suspeitando-se que possam estar ainda mais quatro cadáveres debaixo dos destroços de terras e pedra.

Desaparecidos encontrados com vida

O Governo Regional da Madeira manteve hoje o número de 42 mortos relativos ao temporal do passado sábado, reduzindo o número de desaparecidos de 32 para 13 e apontando para 480 pessoas realojadas.

Durante uma conferência de imprensa realizada de manhã, a secretária regional do Turismo e Transportes, Conceição Estudante, explicou que várias pessoas que estavam isoladas ou deslocadas, consideradas desaparecidas, foram encontradas com vida.

http://aeiou.expresso.pt/equipas-cinotecnicas-procuram-corpos-no-tunel-da-meia-legua=f567004

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 24 Fev 2010 - 14:49 por BRIOSA BT

Madeira/Mau tempo: Espírito de entre ajuda dos madeirenses foi uma lição para o país - Cavaco Silva

24 de Fevereiro de 2010, 20:16

Funchal, 24 fev (Lusa) - O Presidente da República afirmou hoje, no Funchal, que o "espírito de entre ajuda dos madeirenses foi uma lição para o país", reiterando que os portugueses estão solidários com a região.

"Quero dirigir uma palavra aos madeirenses pela coragem que demonstraram, deram provas do espírito de solidariedade e de entre ajuda", disse, no final de uma visita de trabalho de quatro horas para conhecer o impacto da intempérie que sábado assolou o arquipélago.

Cavaco Silva manifestou, de novo, o seu pesar às famílias enlutadas, bem como solidariedade aos que perderam os bens e elogiou "a resposta eficaz das autoridades sob a coordenação do Governo Regional que se manifesta de forma nítida na remoção dos escombros, na limpeza das estradas e das máquinas que trabalharam 24 horas por dia".
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10724389.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 24 Fev 2010 - 14:51 por BRIOSA BT

Mau Tempo/Madeira: Autoridades reforçam perímetro de segurança em redor do parque de estacionamento da Anadia

24 de Fevereiro de 2010, 20:18

Funchal, 24 fev (Lusa) - As autoridades reforçaram esta tarde o perímetro de segurança em redor do parque de estacionamento subterrâneo do Shopping Anadia, no Funchal, uma terra.

Ao final da tarde, chegaram mais meios ao local, uma ambulância com macas, um gerador e mais veículos militares.
No entanto, o perímetro de segurança foi reforçado e nem os moradores das zonas limítrofes podem regressar a casa pelo caminho junto ao local onde estão a decorrer os trabalhos.
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10724348.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 24 Fev 2010 - 14:53 por BRIOSA BT

Madeira/Mau Tempo: Visita de Cavaco Silva marca o dia no arquipélago (SÍNTESE)

24 de Fevereiro de 2010, 20:44

Lisboa, 24 fev (Lusa) - A visita do Presidente da República, Cavaco Silva, marcou hoje o dia na Madeira, onde a estimativa dos efeitos da intempérie de sábado continua a ser de 42 mortos e de 18 desaparecidos.

No final da visita de quatro horas que fez à Madeira, Cavaco Silva afirmou que o "espírito de entre ajuda dos madeirenses foi uma lição para o país", e reiterou que os portugueses estão solidários com a região.

Cavaco Silva manifestou, de novo, o seu pesar às famílias enlutadas, bem como solidariedade aos que perderam os bens e elogiou "a resposta eficaz das autoridades sob a coordenação do Governo Regional que se manifesta de forma nítida na remoção dos escombros, na limpeza das estradas e das máquinas que trabalharam 24 horas por dia".
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10724426.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 24 Fev 2010 - 14:57 por BRIOSA BT

Madeira/Mau tempo: ISP salienta "sentido de responsabilidade e solidariedade" das seguradoras

24 de Fevereiro de 2010, 21:13

Lisboa, 25 fev (Lusa) - O Instituto de Seguros de Portugal (ISP) garantiu que está a monitorizar a resposta das seguradoras à catástrofe na Madeira, enquanto supervisor do setor, salientando que a atuação das mesmas revela "um elevado sentido de responsabilidade e solidariedade".

"Gostaríamos de salientar que, da informação que foi possível recolher até ao momento, verificamos que a atuação das empresas de seguros e os meios que já foram ativados em resposta ao sinistro ocorrido na Madeira evidenciam um elevado sentido de responsabilidade e solidariedade", afirmou à agência Lusa uma fonte oficial do ISP.

O último balanço do governo regional sobre o temporal que atingiu a Madeira no sábado passado aponta para 42 mortos, tendo dado entrada na morgue 39 corpos, 37 dos quais foram já autopsiados.
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10724175.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Sab 27 Fev 2010 - 20:18 por COMANDANTE GERAL

28 Fevereiro 2010 - 00h30
Madeira: Ilha esconde autênticas histórias de coragem com final feliz
“Salvei dois polícias da morte”
"Se forem os dois, vamos os três", pensou Luís Miguel de Sousa, que no sábado, 20, dia em que as águas vindas da montanha varreram o Funchal, arriscou a própria vida para salvar dois polícias da morte certa. "Eu vou ser pai daqui a sete meses e só pensei que eles pudessem ter filhos para criar e atirei-me. Vi que iam morrer e não hesitei", conta emocionado ao CM.

O tatuador tinha saído da loja de tatuagens, na rua da Sé, quando ouviu gritos na rua. Foi até casa e voltou à rua quando, no jardim em frente ao Comando Regional da PSP, no centro do Funchal, se deparou com três agentes da PSP em perigo, depois de terem também eles arriscado as vidas para salvarem algumas pessoas da enxurrada. Mas, agora, ninguém se estava a aventu-rar por eles nas mortais águas castanhas que corriam a grande velocidade em direcção ao mar.

Alguns agentes ainda tentaram passar uma corda para os colegas, mas acabou por partir com a força da água. "Um amigo trouxe um jipe e lançámos o guindaste até eles, para passarem através do cabo". O primeiro passou mas o segundo não conseguiu, "porque a força da água aumentou de repente". Foi então que Luís Miguel de Sousa se lançou à água sem sequer pensar nas consequências."Quando os vi em apuros corri até eles e saltei lá para dentro. O que ia eu fazer? Deixá-los ir?", questiona, sem duvidar da reacção que teve naquele momento e que voltaria a repetir. "Um deles saiu da água só em t-shirt e cuecas, tal era a força da água", recorda Luís Miguel.

O homem, que diz não se sentir "herói nenhum porque só fiz o que devia", nunca mais viu os dois agentes da PSP depois daquele acto heróico. "Mas, na altura, depois de os ter tirado da água, foi uma sensação espectacular. O chefe veio agradecer-me", relembra.

"O SENHOR DECIDIU CHAMÁ-LOS MAIS CEDO"

De olhos cravados no chão, Agostinha seguiu atrás do caixão da irmã, Maria de Fátima Abreu, e de Marcelino Pita, seu sobrinho e filho de Maria. Ela com 42 anos e o menino de apenas 11. Estiveram desaparecidos algum tempo, juntamente com mais cinco familiares, três dos quais morreram e outros dois que continuam por encontrar. "Infelizmente o Senhor chamou-os mais cedo", lamentava um amigo próximo da família. Mãe e filho foram enterrados ontem, no Cemitério de Canhas, na terra onde Maria estava a construir uma casa.

Durante a missa de corpo presente, na Igreja de Canhas, que fica num alto, virada para o azul imenso do mar, a dor era o sentimento de todos. "O Marcelino era um aluno brilhante, pertencia ao quadro de honra da escola", disse um professor em lágrimas.

PORMENORES

42 MORTOS

O número oficial de mortos devido à tempestade mantém-se nos 42, de acordo com Conceição Estudante, porta-voz do Governo Regional.

16 FERIDOS

Dos dados fazem ainda parte 16 feridos e continuam desaparecidas oito pessoas. De referir que o número de desalojados é de 600.

PREJUÍZOS

Segundo o Governo Regional da Madeira, o valor dos prejuízos aponta para 1,4 mil milhões de euros de perdas em toda a ilha do Funchal.

MEDICINA LEGAL

A unidade de Medicina Legal, a funcionar no posto de Socorros do Aeroporto da Madeira, passa a laborar nas instalações do Hospital Dr. Nélio Mendonça.

'CORTE REAL' CUMPRIU MISSÃO

A fragata ‘Corte Real’ partiu ontem à noite da Madeira em direcção à Base Naval do Alfeite, em Almada. O navio tinha sido destacado para a Madeira logo após as enxurradas e tinha a bordo 230 militares, um helicóptero, equipas especializadas em escalada e em mergulho e um contentor com material de apoio a catástrofes. Mas na zona continua a corveta ‘Afonso Cerqueira’, com cerca de cem militares a bordo.

COMÉRCIO REABRE NA BAIXA DO FUNCHAL

Os trabalhos de limpeza na Baixa do Funchal continuam a todo o vapor. As ribeiras voltaram ao leito, depois de muitas máquinas terem trabalhado 24 horas para retirar o entulho. As lojas começam agora a reabrir. A sapataria Boa Hora reabrirá na próxima semana, garante ao CM o proprietário, João Fernandes, que já tem sapatos e chinelos em exposição. "Houve uma grande entreajuda entre vizinhos e as limpezas na rua têm corrido a 150%. Melhor era impossível", garante.

NOTAS

ENCONTRO: SÓCRATES E JARDIM

O primeiro-ministro, José Sócrates, reúne-se amanhã, em Lisboa, com Alberto João Jardim, para delinear um conjunto de medidas para diminuir o impacto negativo da tempestade

CAMIÕES: 500 POR DIA

Por cada dia que passa, cerca de 500 camiões despejam inertes limpos (pedras e lamas), na praia em frente à avenida do Mar. Ao todo são cerca de cinco mil metros cúbicos de inertes

COMÉRCIO: VINTE MILHÕES

O vice-presidente do Governo Regional da Madeira, João Cunha e Silva, anunciou o envio de vinte milhões de euros a fundo perdido em ajudas para o reestabelecimento do comércio

http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?contentid=FF18B43A-B211-411E-B0C4-4828BBE11A19&channelid=00000009-0000-0000-0000-000000000009&h=3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem  por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum