BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Setembro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Auto foco - Menos Multas Segundo a DGO foram combradas 69,5 milhões de euros, descida de 15% relativamente a 2008

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

02022010

Mensagem 

Auto foco - Menos Multas Segundo a DGO foram combradas 69,5 milhões de euros, descida de 15% relativamente a 2008




Edição nº 514 da Auto foco.









Para melhor leitura façam guardar como imagem no pc.


Última edição por BTBRAVO em Qua 3 Fev 2010 - 3:22, editado 1 vez(es)


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Auto foco - Menos Multas Segundo a DGO foram combradas 69,5 milhões de euros, descida de 15% relativamente a 2008 :: Comentários

avatar

Mensagem em Ter 2 Fev 2010 - 10:41 por sacamoto

Diz o Sh. Presidente que quer reduzir o nº de mortos até 2015.
É uma proposta muito arrojada por parte do Sh. presidente, ou sera que já esta a contar com o apoio dos Brigadeiros?
A antiga PNPR tambem tinhas muitas ideia e s´foi fiasco, sera que vai pelo mesmo caminho? Julgo que não será com esse plano da rede naciona de radares, pois só servirá, tenho a certeza, para a caça á multa. Essa redução será obtida se conseguir o opoio da Brigada de Transito, porque se não conseguir os seus objectivos vão fracasar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 2 Fev 2010 - 11:36 por lucifer

Agentes da Polícia Municipal falam em objectivos mínimos a cumprir. Câmara diz que houve negociação
2009-01-23
RUI BONDOSO
Mapa de objectivos aprovado pela autarquia "impõe" mínimos a cumprir a cada agente da Polícia Municipal. Conta tudo para a avaliação e progressão na carreira. Dirigente sindical fala em imposição "bizarra".

Quantas mais multas passarem, melhor classificação obtêm para progredir na carreira. No limite, há agentes da Polícia Municipal (PM) de Viseu que têm de emitir mais de 500 multas de trânsito por ano para cumprirem os objectivos traçados pela autarquia e preconizados pela lei que regula o sector. As regras estão definidas nos mapas individuais aprovados pela Câmara de Viseu a que o "Jornal de Notícias" teve acesso.

As organizações sindicais censuram e reprovam o método avaliativo. Falam mesmo em "imposição" de "caça à multa".

"Condenamos com veemência este procedimento", reage João Serra, do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL).

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 2 Fev 2010 - 11:37 por lucifer

Caça à multa - BT

--------------------------------------------------------------------------------

Para quem diz que não anda atrás de multas, então pergunto o que é isto!
Habitualmente a BT tem na EN 117 (Cabos d'Ávila) uma carrinha Ford Mondeo,
descaracterizada, por debaixo do viaduto e que tem o radar dentro da
mesma. Como os condutores já a conhecem, a BT colocou em frente ao AKI de Alfragide, no meio dos Arbustos, uma Ford Focus com radar ao nível da
estrada. Quem vem a descer não repara nele. Portanto tenham cuidado!
Também já vi um Mondeo azul escuro a seguir à primeira rotunda de quem vai de Sintra para o autódromo.

(Anexo fotos tiradas do estacionamento do AKI, e do estacionamento
superior do IKEA, de onde se pode ver a viatura e o radar).

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 2 Fev 2010 - 11:38 por lucifer

O Estado arrecadou 58,4 milhões de euros, entre Janeiro e Setembro deste ano, em multas do Código da Estrada, uma média de 216,3 mil euros por dia e mais sete por cento do que no mesmo período do ano passado.

Para 2009, a expectativa é que a receita resultante das multas de trânsito ainda seja superior, chegando aos 97,4 milhões, quase 267 milhões de euros por dia.

Acha que tem havido caça à multa para enriquecer os cofres do Estado? Ou o valor arrecadado com as multas ainda é baixo tendo em conta o comportamento dos condutores portugueses?




Esta notícia no seu telemóvel

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 2 Fev 2010 - 11:39 por lucifer

Caça à multa
Publicado na Quarta-Feira, dia 22 de Abril de 2009, por Padre Manuel Carlos



Em matéria de condução automóvel há, entre nós, muito incumprimento das leis e regras de trânsito, falta de civismo e altruísmo e falta de bom senso.

Desde a condução sob o efeito do álcool até velocidades excessivas, estradas em mau estado ou em obras, estacionamento em curvas (até em dupla fila e, por vezes, a escassos metros dum parque de estacionamento!), as urbanas (e carros do lixo) a pararem em cima de curvas, enormes manadas de vacas por sua conta na estrada (um “saber” que devíamos exportar), tudo contribui para que a circulação automóvel na estrada seja uma fonte de stress e seus derivados.

As causas desta situação serão várias: cada vez mais automóveis e condutores, importação de veículos de carga cada vez mais largos e inadequados para algumas das nossas vias, incompetência na definição de paragens de autocarros e na localização de contentores de recolha de lixo e uma autoridade policial demasiado ausente no controlo de infracções nas estradas da ilha - talvez porque os efectivos são reduzidos e as prioridades de actuação na prevenção e repressão do crime vastas.

Por tudo isto, o regresso da fiscalização de radar sobre a velocidade é de saudar.

Todavia, não deixa de ser exasperante que esse controlo seja realizado nos poucos troços das nossas estradas em que os condutores se podem sentir ligeiramente mais descontraídos. Aí, lá está a polícia com o radar, sobretudo nas “horas de ponta”, isto é, da chegada ao trabalho. Parece uma estratégia traiçoeira, quando se espera lealdade no exercício da autoridade do Estado.

Por mais voltas que se dê, perante a localização das autuações e o seu timing, da fama a polícia não se livra: está “à caça da multa”. Até pode não ser, mas que parece, concerteza.

Essa atitude, a continuar, é natural que faça aumentar desnecessariamente a animosidade dos actuados perante a autoridade policial, o que será injusto e inútil. Ninguém ganha com isso(para além dos cofres do Estado, claro!), e o elevado profissionalismo dos agentes policiais não o merece.

A corrigir, portanto.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 2 Fev 2010 - 11:41 por lucifer

"GNR dá prémios a caçadores de multas
O excepcional zelo e mérito demonstrados no serviço valeu a quatro guardas do Destacamento de Trânsito da GNR de Portalegre sete dias de licença de mérito – férias extras –, atribuídos pelo responsável daquele comando territorial da GNR. Em causa estão os feitos alcançados na ‘caça à multa’, através da realização de patrulhas e detecção de excessos de velocidade por radar – onde foram colocados os quatro cabos, todos com mais de vinte anos de serviço.”

Quero acreditar que a notícia não corresponde à verdade ou que haja algum mal- entendido entre a fonte e o jornalista. A GNR, à semelhança dos restantes órgãos de policia criminal, foi criada para defesa e protecção dos cidadãos e não para arrecadar receita para o estado. Nenhum povo se pode sentir confortável com aqueles que, tendo como missão olhar pela segurança pública, em vez disso, ocupam o tempo a perseguir os cidadãos, apenas, com o intuito de encontrar motivos para os multar.
É inadmissível que numa organização como a GNR, sejam atribuídos prémios em função do número de processos de contra-ordenação levantados. O desempenho dos agentes de uma força policial não pode ser medido em função do número de coimas arrecadadas, mas antes em função da sua aceitação pela opinião pública e da confiança que inspiram naqueles que devem proteger. Uma das funções da GNR é a prevenção, e, se nesse âmbito, para evitar males maiores, tiver de proceder ao levantamento de autos de contra-ordenação, que o faça, é o que lhe compete. O cumprimento das obrigações profissionais com zelo e dedicação é obrigação de qualquer profissional, não deve ser alvo de prémios. O inverso, o não cumprimento, deve ser alvo de aplicação de medidas punitivas. Os militares da GNR premiados, se o foram, porque, no cumprimento do seu dever de prevenção, levantaram muitos autos de contra-ordenação, limitando-se a cumprir com as suas obrigações, não o deviam ter sido, porque nenhum trabalhador deve ser premiado por cumprir com o que lhe é exigível. Se se distinguiram, em relação aos demais, é porque algo está mal e, presumivelmente, os restantes não estarão a cumprir. Nesse caso, cabe aos respectivos comandos, sob pena de conivência, averiguar dos motivos da falta de cumprimento.A notícia do Correio da manhã afirma que os militares foram premiados pelos “feitos alcançados na ‘caça à multa’, através da realização de patrulhas e detecção de excessos de velocidade por radar – onde foram colocados os quatro cabos, todos com mais de vinte anos de serviço”, fazendo fé nesta afirmação, então temos uma GNR que não cumpre, porque não visa a prevenção e a defesa do cidadão, mas antes se limita à perseguição com a única intenção de mostrar serviço, vá lá saber-se porquê!
Esta GNR não nos serve e não deve ser sustentado pelo erário público, ou seja, por todos nós que pagamos impostos. Há que desmarcará-la para que persistam os bons elementos, a que não persegue os cidadãos apenas para os multar, mas a que cumpre, que previne, que protege e que, quando é necessário, também multa, tendo em vista a prevenção.

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Ter 2 Fev 2010 - 15:56 por MAKARIO

É sempre com muito agrado que vejo o interesse que os Brigadeiros dão ás noticias "importantes" aqui do fórum.

Estou a gozar o meu natal, mas mesmo que não tivesse, sou leitor atento das revista e jornais da "especialidade" esta Auto foco que tive o prazer de mandar por e-mail aos administradores saiu em 28 de Janeiro.

Fala de coisas importante, da nossa luta, mas mesmo depois de postada aqui pelo Administrador BTBRAVO, o pessoal não vê o sumo.

Não digo que não tenham um minuto durante 6h para ver a revista por andarem a fazer multas, porque isso é mentira, o pessoal na sua grande maioria está de pedra e cal, mas mesmo depois de ser aqui postado ninguém ver, isso deixa-me preocupado.

Passo a citar:

P._ A polémica em torno da extinção da BT/GNR poderá complicar a concretização desse objectivo?

R._ Com rigor, precisamos de mais algum tempo para fazer essa análise. O problema é uma questão de comando: único nacional, ou regional? É cedo para perceber isso, mas é a GNR que vai ter de encontrar a solução. Neste momento a análise está enviesada, porque ao que parece, h
á uma greve de zela e isso impede a percepção de esta medida estar correcta ou não...


Não quero acreditar que não comentem, por pensar, que quem o disse é tão burro como alguns que aos 14 meses acordaram de um sono profundo.

Camaradas, um dia a BT vai voltar e alguém vos terá que dizer, pois ninguém lê nada, só se preocupam com o diz que disse, e a m.... das avaliações, que muitos dão a vida por um tostão.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem em Ter 2 Fev 2010 - 16:52 por Convidad

MAKARIO escreveu:
Camaradas, um dia a BT vai voltar e alguém vos terá que dizer, pois ninguém lê nada, só se preocupam com o diz que disse, e a m.... das avaliações, que muitos dão a vida por um tostão.
Não tenho dúvidas MAKÁRIO. Mas os Brigadeiros que estão nesta luta desde do dia 01 de Janeiro de 2009 pela dignificação profissional que sempre tivemos e nos foi tirada nunca tiveram medo a avaliações...... A DIGNIDADE não tem preço......

Voltar ao Topo Ir em baixo

avatar

Mensagem em Qua 3 Fev 2010 - 13:36 por briganicav

A dignidade não tem preço, mas as folgas, as dispensas, e outras "regalias" têm. Pelo menos para alguns. E olha que muitos desses alguns também dizem que vestem a camisola... então agora é um ver se te avias a falar de tudo e mais alguma coisa. Será que sou eu que estou a ficar burro? É provável...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem  por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum