BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 184 ]

Total dos votos : 356

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Janeiro 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Motorista de pesados acusado em acidente que causou três mortos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

19092012

Mensagem 

Motorista de pesados acusado em acidente que causou três mortos




O Ministério Público de Águeda deduziu acusação de homicídio por negligência a um condutor envolvido num dos dois acidentes ocorridos em agosto de 2010 na A25, na zona de Talhadas, Sever do Vouga, e que causaram seis mortos.

O despacho de acusação referente ao acidente que aconteceu no sentido Viseu-Aveiro, que resultou na morte de três pessoas, incluindo uma criança de oito anos, e provocou ainda 15 feridos, ficou concluído no dia 10 de setembro.

N o documento a que a Lusa teve acesso esta quarta-feira, o MP acusa um homem de 31 anos de um crime de homicídio por negligência agravado pelo resultado "mercê da falta de cuidado e atenção a condução" e por uma contraordenação rodoviária.

O arguido, residente em Oliveira do Bairro, é o motorista do pesado de mercadorias que abalroou várias viaturas que se encontravam imobilizadas na faixa de rodagem e na berma, minutos depois de ter acontecido o primeiro acidente no sentido contrário.

O acidente em cadeia envolvendo 20 viaturas (um pesados e 19 ligeiros), ocorreu no dia 23 de agosto de 2010, pelas 16.25 horass, ao quilómetro 45 da A25, no sentido Viseu-Aveiro, numa altura em que a visibilidade era reduzida, devido a nevoeiro intenso e chuva.

O MP concluiu que os embates ocorreram como consequência da "condução desatenta e desadequada do arguido", tendo em conta as más condições atmosféricas e o pavimento molhado.

"Os embates foram resultado da falta de atenção do arguido às condições da via, às condições de visibilidade e ao trânsito existente, não adequando a velocidade do seu veículo de modo a poder parar no espaço livre e visível à sua frente para evitar bater nos veículos que por ali circulassem ou estivessem imobilizados", refere o despacho assinado pelo procurador Manuel Gonçalves.

Entre as provas apresentadas pelo MP estão as perícias aos veículos e ao local do acidente, o inquérito da GNR, uma reportagem fotográfica e o tacógrafo do pesado de mercadorias.

Os arguidos poderão agora requerer a abertura da instrução do processo, para serem ouvidos antes de o caso seguir para julgamento.

O inquérito ao primeiro acidente que ocorreu minutos antes, no sentido contrário, e do qual resultaram também três vítimas mortais, ficou concluído em junho passado, tendo sido deduzida acusação contra quatro condutores (três homens e uma mulher).

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Seguranca/Interior.aspx?content_id=2779714&page=-1



BRIOSA BT
ADJUNTO DO COMANDANTE
 ADJUNTO DO COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 1277
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
INSCRIÇÃO : 04/01/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum