BRIGADA DE TRÂNSITO

PAINEL DO USUÁRIO
Convidado
Mensagens: 0


Alterar
Ver
Tópicos e mensagens

TRÂNSITO
LINKS RÁPIDOS

 



 
     
-
 
Votação

LIMITE VELOCIDADE NA AUTO ESTRADA

48% 48% [ 172 ]
52% 52% [ 185 ]

Total dos votos : 357

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Agosto 2017
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

POSTO VIRTUAL

 




Brisa tem que corrigir traçado do nó de Águas Santas na A3/A4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

02072012

Mensagem 

Brisa tem que corrigir traçado do nó de Águas Santas na A3/A4




Brisa tem que corrigir traçado do nó de Águas Santas na A3/A4

A Brisa vai ter que corrigir até ao fim do ano o nó da auto-estrada em Águas Santas, sentido Porto/Ermesinde (A3/A4), que sempre que chove sofre congestionamentos devido a um corte de via, anunciou hoje o InIR.

Em resposta escrita à Lusa, o Instituto de Infra-Estruturas Rodoviárias, IP (InIR) afirma ter determinado que «a Brisa, concessionária actualmente responsável pela exploração e operação da via em questão, proceda à realização do estudo e consequentes trabalhos correctivos no ramo B do nó de Águas Santas (A3/A4)».

O IniR acrescenta que esta obra visa «garantir a segurança rodoviária dos utentes».

«A realização de tais trabalhos está prevista para tomar lugar ainda durante o corrente ano», conclui.

O condicionamento de circulação naquele nó em dias de chuva arrasta-se há anos, nomeadamente desde que a reformulação do nó foi efectuada pela Ascendi, na sequência do prolongamento da A4 até Matosinhos, no âmbito da concessão da Scut do Grande Porto.

Milhares de veículos provenientes do Porto entram diariamente na A4 através do nó de Águas Santas, num fluxo de trânsito que gera frequentes congestionamentos.

O problema agudiza-se em dias de chuva, quando, conforme constatou a agência Lusa no local, uma das duas vias do acesso à A4 é fechada ao tráfego.

A sinalização precedente atribui o afunilamento a obras que os automobilistas nunca vêem.

Em Agosto do ano passado, nem a Brisa nem a Ascendi assumiram corrigir o traçado, cabendo ao InIR encontrar a solução.

A Brisa considerou que, tendo a reformulação do nó sido feita pela Ascendi, não lhe competia corrigir aquele traçado.

Por seu lado, a Ascendi apenas se limitou a assumir que reconstruiu aquele nó, garantindo que o fez cumprindo o que estava estabelecido, ou seja, a «construção foi efectuada estritamente de acordo com as normas do traçado aplicável».

Lusa/SOL

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=53376


avatar
BTBRAVO
2º COMANDANTE
 2º COMANDANTE

PAÍS :
MENSAGENS : 6247
LOCALIZAÇÃO : Lisboa
EMPREGO : BRIGADA DE TRÂNSITO
INSCRIÇÃO : 05/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum